Perguntas Superintrigantes

Cachorro-quente

por Geraldo Takuo Yamanaka

Por que chamamos o sanduíche de pão com salsicha de cachorro-quente?


A origem do nome pode ser atribuída aos alemães e americanos. Em meados de 1850, os alemães começaram a produzir novos tipos de salsicha, originalmente inventada pelos babilônios por volta de 1500 a.C. Um cozinheiro na cidade alemã de Frankfurt possuía um cão bassê, dachshund em alemão, e a salsicha feita por ele ficou conhecida por esse nome. Charles Feltman, um imigrante alemão, levou a novidade para os Estados Unidos, por volta de 1880, e lá criou um sanduíche quente feito com pão, salsicha e molhos. O sucesso foi tal, que Feltman abriu seu próprio restaurante. Mas foi nos estádios de futebol americanos que o sanduíche se popularizou. Conta-se que durante um jogo, em1906, um vendedor gritava nas arquibancadas: “Get your hot dachshund” (Pegue seu dachshund quente). O cartunista Tad Dorgan, presente ao estádio, não perdeu a chance de ilustrar a cena. Porém, como não entendida a palavra dachshund, escreveu na legenda: “Get your hot dogs” (Pegue seus cachorros quentes). E o nome pegou.

 

 

 

 

 

publicidade

anuncie

Super 339 - Humanos: caem as fronteiras entre nós e os animais Novas descobertas deixam claro: chimpanzés têm idiomas, cultura, fazem política, tecem redes sociais e praticam caridade. Chegou a hora de conferir direitos humanos a eles? Assine a Super Compre a Super

Superinteressante ed. 339
novembro/2014

Humanos: caem as fronteiras entre nós e os animais
Novas descobertas deixam claro: chimpanzés têm idiomas, cultura, fazem política, tecem redes sociais e praticam caridade. Chegou a hora de conferir direitos humanos a eles?

- sumário da edição 339
- folheie a Superinteressante

Você está na área: Alimentação

publicidade

anuncie