GABRILA65162183544miv_Superinteressante Created with Sketch.

“Batatinha quando nasce, esparrama pelo chão”. Quem criou esses versos?

"Batatinha quando nasce, esparrama pelo chão". Quem criou esses versos? (Pergunta de Daniel Rocha, Rio de Janeiro, RJ)

“Batatinha quando nasce, esparrama pelo chão”. Quem criou esses versos?
Daniel Rocha, Rio de Janeiro, RJ

Quadrinhas de quatro versos são de autoria popular e coletiva e passadas de geração em geração. Elas facilitavam a memorização de histórias quando a escrita e a leitura eram privilégios da corte e dos religiosos.

O ano exato da criação do poema é incerto, mas Silvio Romero, em Cantos populares do Brasil, registrou os versos em 1885. O original era “Batatinha quando nasce / Deita rama pelo chão; Mulatinha quando deita / Bota a mão no coração”, alusão aos assédios de patrões sobre mucamas na época da escravidão. 

A rima provavelmente foi adaptada depois para ficar palatável às crianças. Assim, o “deita a rama” ou “esparrama” foi trocado por “espalha a rama”, e “mulatinha” por “menininha”.

 

Fontes: Ari Riboldi, especialista em expressões idiomáticas e Deonísio da Silva, etimólogo; livros Contos Populares do Brasil, de Silvio Romero, e Dicionário do Folclore Brasileiro, de Luís da Câmara Cascudo.

Post anterior: Por que maus motoristas são chamados de barbeiros?

Comentários
Deixe um comentário

Olá, ( log out )

* A Abril não detém qualquer responsabilidade sobre os comentários postados abaixo, sendo certo que tais comentários não representam a opinião da Abril. Referidos comentários são de integral e exclusiva responsabilidade dos usuários que escreveram os respectivos comentários.

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s