GABRILA65162183544miv_Superinteressante Created with Sketch.

Qual a diferença entre Inglaterra, Reino Unido e Grã-Bretanha?

Qual a diferença entre Reino Unido, Grã-Bretanha e Inglaterra? (Pergunta de Mariana Rocha Teramoto, de São Bernardo do Campo, SP)

Querido Oráculo, com todo esse papo de Brexit, me confundo toda, pois a cada hora se referem à Inglaterra com um nome. Afinal, qual a diferença entre Reino Unido, Grã-Bretanha e Inglaterra?
Mariana Rocha Teramoto, de São Bernardo do Campo, SP

United Kingdom of Ipanema

Inglaterra é a nação cuja capital sedia os Jogos Olímpicos 2012: Londres. A Grã-Bretanha é o nome da ilha que reúne 3 nações: Inglaterra, Escócia e País de Gales. É a maior ilha britânica e, nos Jogos Olímpicos, participa como se fosse um país. Na Copa do Mundo, no entanto, cada nação tem sua própria seleção.

Já o Reino Unido é o país formado pelas 3 nações da Grã-Bretanha (relembrando: Inglaterra, Escócia e País de Gales) mais a Irlanda do Norte, que fica em outra ilha, da Irlanda. Na verdade, o nome é Reino Unido da Grã-Bretanha e da Irlanda do Norte – o que torna a geopolítica local um pouco mais simples de entender.

Nas Olimpíadas, a Grã-Bretanha representa Inglaterra, Escócia, Gales e Irlanda do Norte. Ou seja, na prática, o que chamamos de Reino Unido é a Grã-Bretanha nos Jogos, embora os dois, geopoliticamente falando, não sejam a mesma coisa.

O Reino Unido é a entidade que participa de organizações intergovernamentais como a União Europeia e a ONU. “Politicamente, é como se fossem 4 reinos (Inglaterra, Escócia, País de Gales e Irlanda do Norte) sob o comando de um só (o Reino Unido)”, explica Luiz Augusto Faria, professor de Relações Internacionais da UFRGS. Escócia, País de Gales e Irlanda do Norte são independentes, mas o grau de autonomia desses territórios perante o governo central britânico é diferente entre si. A Escócia, por exemplo, criou um parlamento próprio em 1999, enquanto os demais possuem assembleias locais.

Mas o poderio inglês se estende também sobre outros continentes. A comunidade britânica abrange a maioria das ex-colônias, como Austrália, Canadá e Nova Zelândia, que continuam prestando contas à rainha Elizabeth II.

A Inglaterra foi esperta. Não entrou em guerra com essas ex-colônias (afinal, poderia sair de lá com menos influência, como na Índia, onde houve conflito pela independência)  negociou para manter relações comerciais e diplomáticas estreitas até hoje. “Foi o primeiro país a criar o sistema de hegemonia no mundo. É aceita como líder sem se impor militarmente”, diz Faria.

(crédito da imagem: Defence Images)

Comentários
Deixe um comentário

Olá, ( log out )

* A Abril não detém qualquer responsabilidade sobre os comentários postados abaixo, sendo certo que tais comentários não representam a opinião da Abril. Referidos comentários são de integral e exclusiva responsabilidade dos usuários que escreveram os respectivos comentários.

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s