GABRILA65162183544miv_Superinteressante Created with Sketch.

E não é que a Bíblia já pregava a sustentabilidade?

Religiões à parte, não dá para negar que o texto bíblico influenciou – e ainda influencia – os rumos da civilização ocidental, especialmente em termos de valores. E também é verdade que, ao longo de tanto tempo, o “Livro Sagrado” foi interpretado e traduzido de diversas maneiras, inclusive com certos interesses por trás dos termos escolhidos.

Por isso, o argentino, músico e psicoquirólogo Nachman Szmulewicz, mais conhecido como Maharaja, resolveu traduzir – palavra por palavra – do hebraico para o Português, os sete primeiros capítulos do Gênesis, Antigo Testamento (conheça o livro aqui), e descobriu algumas coisas interessantes, que poderiam ter mudado a História:

1. O texto do Gênesis diz que Eva foi feita ao lado de Adão e ao mesmo tempo que ele, e não de sua costela. Talvez o machismo e a violência contra as mulheres não estivessem tão presentes na sociedade, ainda hoje, se essa interpretação tivesse sido difundida pelos cristãos.

2. A proposta inicial de Deus era a de que os homens fossem vegetarianos, segundo a passagem que só se refere aos vegetais para saciar a fome do homem. A Amazônia agradece a tradução e adverte que bois não combinam com florestas.

3. O termo lmemshelet, traduzido como “dominar”, na realidade quer dizer apenas “governar”. A palavra muda completamente o entendimento sobre as relações de poder estabelecidas pela humanidade nos últimos mais de 2 mil anos.

4. Isso também vale para a relação dos seres humanos com as plantas e os animais. Deus explica a Adão sobre a Lei de Causa e Efeito (muito antes de alguém pensar no filme “O Segredo”!!!) e o orienta a cuidar da Terra e de todos os seus seres vivos e a ser responsável pelo clima, o ar e os mares.

Pois é… e ainda tem quem diga que o conceito de sustentabilidade é algo novo e difícil de ser entendido…

5. Outro ponto que, apesar de não ter a ver com sustentabilidade, é muito útil que se torne público é o fato de que o celibato era condenado e o sexo, visto como uma maneira divina de dar continuidade à vida. Segundo Maharaja, quando o Gênesis diz que Adão “conheceu” Eva, está implícito – sem tom pejorativo, ressalta o autor – que, na verdade, o que ele fez mesmo foi “comer” a moça.

Amém!

Comentários
Deixe uma resposta

Olá, ( log out )

* A Abril não detém qualquer responsabilidade sobre os comentários postados abaixo, sendo certo que tais comentários não representam a opinião da Abril. Referidos comentários são de integral e exclusiva responsabilidade dos usuários que escreveram os respectivos comentários.

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s