GABRILA65162183544miv_Superinteressante Created with Sketch.

5 mentes brilhantes da matemática que você não conhecia

Quanto é 7.686.369.774.870 vezes 2.465.099.745.779? Para colocar seu nome no livro Guinness de recordes é preciso acertar o resultado em menos de 28 segundos – e de cabeça, óbvio. Esse atletismo mental pode até parecer impossível, mas em algumas centenas de milênios, a evolução dá um salto para algumas pessoas esta ~continha~ é moleza.

Chamados “calculadoras humanas” ou de calculistas (em um sentido não interesseiro, claro), estes matemáticos têm até uma competição anual para testar seus talentos: desde 2004, a Mental Calculation World Cup acontece na Alemanha e tem provas como adição de números de 10 dígitos – 10 desafios em 10 minutos. Um terror para qualquer “matematicofóbico”. Pense duas vezes antes de recorrer à calculadora para dividir a próxima conta do bar – conheça 5 mentes brilhantes da matemática:

 

1. Shakuntala Devi

Em 1982, a indiana Shakuntala Devi entrou para o livro de recordes ao responder corretamente ao problema que abre este texto. Também não era para menos: ela gastou apenas 28 segundos para calcular AND dizer em voz alta o produto de 26 dígitos da complexa multiplicação – 18.947.668.177.995.426.462.773.730*. Outro feito fantástico aconteceu em 1977: na ocasião ela extraiu a 23ª raiz de um número de 201 dígitos em apenas 50 segundos, batendo o computador, que levou 62 segundos para realizar a mesma conta. Fatality. Justamente conhecida como “computador humano”, a astróloga e autora descobriu seu talento quando ainda era uma garotinha. Aos 6 anos ela já saía em turnês pelo mundo mostrando seu talento para resolver problemas matemáticos. Sua maratona se encerrou no último dia 21 de abril: devido à insuficiência cardíaca e problemas renais, Shakuntala faleceu aos 83 anos.

 

* Não conseguiu nem ler o número gigante recitado pela indiana? A gente ajuda: dezoito septilhões, novecentos e quarenta e sete sextilhões, seiscentos e sessenta e oito quintilhões, cento e setenta e sete quadrilhões, novecentos e noventa e cinco trilhões, quatrocentos e vinte seis bilhões, quatrocentos e sessenta e dois milhões, setecentos e setenta e três mil, setecentos e trinta. Ufa!

 

2. Wim Klein

O feito de Wim Klein também está no Guinness: em agosto de 1976, o holandês calculou a 73ª raiz de um número de 500 dígitos em 2 minutos e 43 segundos. Não é para qualquer um. Apesar de sua grande habilidade com números, o matemático, nascido em 1912, passou duas décadas trabalhando em circos na França – a vida não é fácil pra ninguém, colega. Em 1958, o talentoso calculista foi contratado pela Organização Europeia para a Pesquisa Nuclear (CERN), maior laboratório de física de partículas do mundo. Por lá, ele ficou conhecido como o “primeiro computador” da empresa: ele era responsável por ajudar físicos a resolver rapidamente cálculos que poderiam levar semanas ou dias.

 

3. Daniel McCartney

Praticamente cego, o estadunidense Daniel McCartney, nascido em 1817, tinha não apenas uma, mas duas raras habilidades mentais. Talentoso calculador, ele era capaz de resolver em pouquíssimos minutos complexos problemas matemáticos: em um teste, foi solicitado que ele encontrasse a raiz cúbica de 4.741.632 – em três minutos ele encontrou a resposta, 168. Mas, além das habilidades numéricas, Daniel também era dotado de Super Memória. Sua condição, nomeada “hipertimesia” em 2006 pelo Dr. James McGaugh, da Universidade da Califórnia, fazia com que ele se lembrasse de cada minuto de sua vida – em poucos segundos, era capaz de descrever em detalhes eventos de qualquer dia do seu passado (incluindo até o que comeu e que roupas vestia!).

 

4. Jedediah Buxton

Nascido na Inglaterra em 1707, Jedediah Buxton trabalhou durante toda a vida no campo. Nunca aprender a ler e escrever, mas sua habilidade autodidata com números o tornou famoso no país. Além de resolver rapidamente multiplicações de quatro ou mais dígitos, Jedediah tinha uma memória invejável: relatos afirmam que ele era capaz de interromper um cálculo complexo, dar uma voltinha, tirar um cochilo, e retornar ao problema no mesmo ponto, sem qualquer dificuldade. Like a boss da matemática.

 

5. Thomas Fuller

O escravo Thomas Fuller surpreendeu a sociedade escravocata estadunidense ao resolver em pouquíssimos minutos complexos cálculos matemáticos. Segundo arquivos da Universidade de St. Andrews, na Escócia, Thomas foi levado da África para os Estados Unidos no ano de 1724. De acordo com as escrituras, a fama do calculador ultrapassou o estado da Virginia e atraiu a atenção de William Hartshorne e Samuel Coates, distintos donos de terras que resolveram colocar à prova a habilidade de Thomas. Uma das perguntas que teria sido feita ao escravo foi a de quantos segundos um homem de 70 anos, 14 dias e 12 horas viveu. Em um minuto e meio Negro Tom respondeu: 2.210.500.800. Hartshorne e Coates fizeram as contas na ponta do lápis e encontraram uma resposta diferente. Já iam apontar o erro de Thomas quando o talentoso calculador alertou para o equívoco dos senhores: haviam se esquecido de considerar os anos bissextos. Tom morreu em 1790, aos 80, sem nunca ter aprendido a ler ou escrever.

 

 

Comentários
Deixe um comentário

Olá, ( log out )

* A Abril não detém qualquer responsabilidade sobre os comentários postados abaixo, sendo certo que tais comentários não representam a opinião da Abril. Referidos comentários são de integral e exclusiva responsabilidade dos usuários que escreveram os respectivos comentários.

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s