Blogs

Posts da categoria ‘casamento’


Facebook destrói casamentos

24 de maio de 2013

Destrói mesmo. E muitos: segundo a Academia Americana de Advogados Matrimoniais (American Academy of Matrimonial Lawyers), 20% dos casos de divórcios têm uma ligação com o Facebook. E 80% dos advogados americanos afirmam que, cada vez mais, as redes sociais causam discórdia e desmascaram traições.

Não é difícil entender o motivo. Uma foto ou mensagem indesejada pode ser a gota d’água para os casais. E é o que tem acontecido. Segundo a pesquisa, fotos e o histórico do chat do Facebook têm sido citados cada vez mais como provas de traições. Geralmente a paquera acontece com ex-amores, ou ex-casinhos, que passaram anos desaparecidos, mas graças ao Facebook voltaram a dar notícias.

Apesar de ser disparada a rede social que mais delata traições, o Facebook não está sozinho. Na hora do divórcio, o MySpace e o Twitter também são usados como evidências  de infidelidade.

É, lembrem-se disso.

Crédito da foto: flickr.com/earlg

Leia também:
Trair aumenta chance de morrer de infarto
Facebook te deixa gordo e pobre
Redes sociais viciam mais que sexo e cigarro


Quais os segredos para ter um casamento feliz?

24 de abril de 2013

Esposas magras, dizem. Mas nem tudo é aparência – e nem todo pesquisador se rende a uma única resposta. Por isso o pessoal do Pew Research Center, um centro de pesquisa norte-americano, entrevistou 2 mil adultos para saber quais os segredos para ter um casamento feliz – e o que mudou desde 1997, quando realizaram uma pesquisa parecida.

Como era de se esperar, o principal fator para um casamento feliz é fidelidade – 93% dos candidatos classificaram o item como “muito importante”. O segredo número 2 também não é assim tão misterioso: sexo – 70% precisam de uma vida sexual feliz para levar o casamento adiante. E isso não mudou muito: desde 1997, os dois fatores lideram a lista do que faz um casamento feliz.

Mas só amor e confiança não bastam. De 1997 até 2007, uma coisa passou a ter muito peso na vida de um casal: as tarefas domésticas. A gente já tinha avisado por aqui: homens que limpam a casa são mais felizes. E são mais felizes também no amor. Mais de 60% dos participantes, entre homens e mulheres, contou que dividir as tarefas de casa é fundamental para fazer um casamento feliz.

Bem, além de ser fiel, bom de cama e parceiro na a faxina, o casal ainda precisa ganhar razoavelmente bem, ter uma casa legal. Também ajuda se os dois compartilharem as mesmas crenças e interesses. Ah, ter filhos também é bom.

Anotou tudo?

Crédito da foto: flickr.com/good_day

Leia também:
Homens que limpam a casa são mais felizes
Esposas magras são segredo de casamento feliz 
7 dicas científicas para ter um casamento feliz


Casais felizes engordam juntos

15 de março de 2013

Começou a namorar e engordou? Fique tranquilo, é um bom sinal. Segundo pesquisa da Universidade Southern Methodist, em relacionamentos felizes, os casais costumam engordar.

Os pesquisadores conversaram com 169 casais recém-casados sobre felicidade conjugal. E também aproveitaram para pesar cada voluntário. Nos quatro anos seguintes, a cada seis meses, eles repetiam o ritual: pesavam os participantes e perguntavam sobre a vida do casal. Cada vez que se diziam felizes, os casais apareciam mais gordinhos – em média, o índice de massa corporal deles aumentava 0.12 a cada seis meses.

É que eles costumam fazer mais refeições juntos. Segundo a pesquisa, quando casais jantam e almoçam juntos, os dois costumam comer mais. Além disso, quem considera pedir um divórcio tende a se preocupar mais com o peso. Por motivos óbvios, já que pensam na solteirice, melhor dar um trato no visual.

Portanto, amigos, não se preocupem tanto assim com a balança. Ela só mostra como vocês formam um casal feliz. <3

Crédito da foto: flickr.com/ksawyer

Leia também:
7 dicas científicas para ter um casamento feliz
Namorar te faz perder dois bons amigos
Esposas magras são segredo de casamento feliz


Casamento te faz economizar 5 mil reais por ano

13 de fevereiro de 2013

Ser solteiro dá prejuízo. Você pode até gastar menos com cinema, presentes e jantares. Em compensação, os casais costumam passar mais tempo em casa, de conchinha, sem torrar tanto dinheiro em festas e baladas. E quando juntam os chinelos ainda gastam menos grana do que os solteiros. No fim das contas, esses casais economizam quase 5 mil reais por ano.

E eles nem precisam se esforçar. Apesar das economias, os casais têm mais privilégios que os solteiros – como viajar todo mês, conhecer outros países, contratar uma empregada ou trocar de carro a cada três anos. Pelo menos foi assim com mais de 2 mil pessoas, entre 16 e 55 anos, entrevistadas por uma empresa britânica de serviços bancários online.

Com a mudança no estilo de vida e a divisão das contas, os entrevistados que viviam junto com o namorado (ou marido) economizavam mais do que os solteiros: no fim do mês, tinham, em média, 400 reais a mais. Ou seja, por ano, os solteirões gastavam quase 5 mil reais a mais. Se for somar a economia dos dois membros do casal, a grana sobe para quase 10 mil reais. Dá pra fazer uma viagem e tanto…

Mas e aí será que vale a pena? Liberdade total ou vida tranquila com economia?

(Via Daily Mail)

Crédito da foto: flickr.com/katerinagordon

Leia também:
Casamento deixa seu coração mais forte
Morar junto antes de casar aumenta chances de divórcio
Namorar te faz perder dois bons amigos


Cartas de amor podem salvar seu relacionamento

7 de fevereiro de 2013

E você nem precisa mandá-las. É só gastar 21 minutos por ano, em três cartinhas, para escrever sobre seu relacionamento. Tiro e queda: após um ano, você vai se sentir bem mais feliz e satisfeito.

Parece até simpatia. Mas os pesquisadores da Universidade Northwestern, nos Estados Unidos, garantem que a “lição de casa” funciona mesmo. Por dois anos, eles contaram com a ajuda de 120 casais, casados há mais de 11 anos. A cada 4 meses, os voluntários contavam como estava o relacionamento, se andavam felizes com o nível de amor, intimidade, confiança, paixão e comprometimento. O desafio seguinte era escrever sobre os últimos meses e o principal desentendimento, sob a perspectiva de um observador neutro que torcia pelo bem do casal. Eles gastavam, em média, 7 minutos com a tarefa.

Deu certo. A cada novo encontro, os casais se sentiam mais felizes com o relacionamento. Só que no segundo ano, metade dos casais não seguiu o ritual de escrever algumas linhas sobre o casamento. E aquela felicidade crescente começou a cair – ou pelo menos estagnou. Entre os participantes que mantiveram as cartas, o nível de felicidade seguia em alta.

“Esse efeito também reflete em outros aspectos, como a paixão e o desejo sexual, que ficam vulneráveis com o passar do tempo”, explica o pesquisador Eli Finkel. “E isso funciona com pessoas que se casaram no mês passado ou há 50 anos”.

Ou seja, escrevam. Simples assim.

(Pesquisa aqui)

Crédito da foto: flickr.com/carolmartinez

Leia também:
Brigas no namoro podem te deixar doente
Novelas e comédias românticas atrapalham seu relacionamento
7 dicas científicas para ter um casamento feliz


Página 4 de 71234567