Morar junto, sem casar, causa depressão

Por Atualizado em 06/01/2011

Vocês querem ser modernos e práticos, deixam todo aquele papo de altar, convites com frufru e bolo de vários andares pra lá, juntam as trouxinhas e vão morar juntos. Pronto: na prática, estão casados. Mas, também na prática, têm chances bem maiores de acabarem de cara feia e sem vontade de sair da cama (pelos motivos errados) do que os casais de papel passado. “Casais que apenas moram juntos reportam níveis mais altos de depressão do que os que são casados”, alertam pesquisadores da Bowling Green State University, em Ohio (EUA). O motivo? Aquele sentimento de falta de estabilidade no relacionamento, que atinge os “juntados” 25% mais do que os casados pela lei. “E isso é especialmente verdade entre os casais que estão juntos há muito tempo”, diz o estudo. E aí, quer repensar essa modernidade toda?

Leia também:
Mulheres são menos ’seletivas’ do que homens na hora de casar
Casais sentem o cheiro das emoções um do outro
Após um divórcio, homens ficam mais suicidas do que mulheres

  • EduMusic

    luciano.rn disse certinho. Não Sou Protestante. Mas concordo que se fosse qualquer figura religiosa de qualquer religião, estaria sendo “crucificado” mesmo.

    Agora pra quem tem a opinião igual a da Stela……respeito, mas ainda sim, digo que depressão mesmo, será quando chegar o dia do julgamento eterno, feito por Jesus ( o que muita gente não pensa ou não acredita e acha que é besteira falar, mas é a pura verdade) correr o risco (vejam bem, não to julgando ninguem, estou dizendo: CORRER O RISCO) de não ir para o céu, pois viveu em adultério com um homem ou com uma mulher a vida toda.
    Pois para quem acredita na Bíblia, está escrito lá quem quem viver com alguém, manter relação sexual e talz sem a unção do matrimônio, estará vivendo em adultério. Lógico que não é com essas palavras. Mas, leiam lá.