Blogs

Veja como era o tratamento de hemorroidas e outros procedimentos médicos na Idade Média

29 de novembro de 2012

Ao longo da História, nem sempre as tecnologias e medicamentos disponíveis nos consultórios foram tão complexos como os atuais. Pior para os pacientes, que passaram por maus bocados, enfrentando procedimentos que hoje em dia mais parecem tortura. Cirurgias de cataratas e para lesões ocorridas em campos de batalhas e tratamento contra hemorroidas eram procedimentos que, no século 21, deixam qualquer um de cabelo em pé. Ficou curioso? Então, confira como era cada um desses métodos.

1. Cirurgia para cataratas

Reprodução

O procedimento de remoção de catarata utilizava um instrumento afiado, o qual era inserido no olho pela córnea para forçar a lente para fora. Facas e agulhas afiados estavam entre os objetos preferidos dos médicos. A situação melhorou devido ao contato da medicina Europa Medieval com a Islâmica.

2. Cirurgia para lesões ocorridas em campos de batalhas

Reprodução

Em meio a tantos arcos e flechas, os médicos da Idade Média se depararam com um desafio: como tratar os ferimentos? Para tirar a flecha, a solução foi o chamado Albucacis. Os médicos enfiavam uma espécie de colher na ponta da seta para retirá-la do paciente sem machucá-lo ainda mais. Daí em diante, muitos cauterizavam a região, aplicando ferros quentes no machucado, o que selava os tecidos e veias, impedindo a perda de sangue e infecções.

3. Cirurgias para hemorroidas

Reprodução

Na Idade das Trevas, existia até um monge das hemorroidas… Isso mesmo, o monge irlandês São Fiacre era considerado o padroeiro de quem sofria com o mal. A fama não tão glamourosa surgiu porque o cara desenvolveu a doença ao cavar um jardim. No entanto, um dia se sentou em uma pedra e, “milagrosamente”, foi curado. São Fiacre se tornou o padroeiro de quem sofria de hemorroida e a pedra virou um ponto de peregrinação para quem procurava a cura. Para quem não buscava uma solução divina, cauterizações com ferros quentes – semelhantes às que curavam lesões ocorridas em campos de batalhas -, banhos de assento ou simplesmente puxar as feridas para fora com as unhas foram soluções usadas.

Fonte: Oddee

No related posts.

Comente!