Lâmpadas fluorescentes duram mais tempo e são mais econômicas

Por Atualizado em 24/06/2011

Modelo Fluorescente

Em janeiro deste ano, o governo anunciou que as lâmpadas incandescentes deverão ser retiradas do mercado até 2016. Hoje, no Brasil, existem 147 modelos desse tipo de iluminação, que, aos poucos, será substituída por lâmpadas mais eficientes como a LFC (lâmpada fluorescente compacta), fluorescente tubular, halógena e LED.  Estima-se que o uso de lâmpadas fluorescentes geram um economia de energia de até 80%.

O desafio nessa transição é grande, já que o consumo de lâmpadas incandescentes é três vezes maior que o de fluorescentes compactas: são comercializadas, por ano, 300 milhões de unidades do primeiro tipo e 100 milhões do segundo tipo, mais econômico, segundo a Secretaria de Planejamento Energético do Ministério de Minas e Energia.

Alguns modelos de lâmpadas incandescentes para finalidades específicas continuarão a ser produzidos, como as feitas para estufas de secagem, pintura e equipamentos hospitalares e as usadas em sinalização de trânsito e para uso automotivo.


Modelo Incandescente


Mas, por que as fluorescentes são melhores?

Segundo o Instituto de Defesa do Consumidor (Idec), além da economia de energia, as fluorescentes produzem 70% menos calor (o que faz com que a necessidade de uso de ar-condicionado e ventilador seja menor). Essas lâmpadas são mais caras, porém duram mais tempo. Uma lâmpada incandescente tem cerca de mil horas de uso, enquanto as fluorescentes podem chegar a 10 mil horas de uso, segundo a Abilux (Associação Brasileira da Indústria de Iluminação).

Para saber mais:
Lâmpadas incandescentes serão retiradas do mercado até 2016
Que tipo de lâmpada é mais econômico?
Questão de luz

  • Carlos Lins

    Pegar fogo, se queimar. Só que não! Mídia podre, nojenta e tendenciosa. Para frente é que se anda! Só falta BOLSONARO aqui no Brasil em 2018.

  • erickson

    Só entrei aki para ver “o circo pegar fogo ” nos comentários :)

  • Fernando Carlotti

    “Que quer ver o pau comer. Que acha que testemunhar a lona do circo em chamas é simplesmente mais legal do que comprar um ingresso na bilheteria para ASSISTIR PALHAÇOS, MÁGICOS E TRAPEZISTAS PROFISSIONAIS”.

    A grande questão do momento é que hoje já não se faz mais “palhaços, mágicos e trapezistas profissionais”, só se faz aqueles que estão no circo por dinheiro e não por profissionalismo, assim como na politica. Os Políticos estão cagando para o profissionalismo então o que esperar deles? Prefiro mil vezes ver o circo pegar fogo do que financiar PALHAÇOS de terna e gravata fazendo merda no Picadeiro.

  • dshr

    Bando de Esquerdistas medroso quando aparece um de direita se borram e fazem de tudo para derrubar mais no final se ferram midia brasileira vendida podre Bolsonaro 2018.

  • MM

    Ele vai chorar no aeroporto qnd perceber que a inspeção se tornou mais burocrática com Trump do que na Era Bush após o 11/07.
    Ele também poderá chorar junto a outros latinos quando perceber a crescente xenofobia contra os mesmo na América, xenofobia que vai além do ‘sotaque de estrangeiro’ e chega em ‘roubando nossos empregos’.
    Hahahaha

  • Juliano Lima

    Responder um ignorante até a Dilma faz, assim como to fazendo com você agora, mas tentar argumentar com alguém que se acha superior a qualquer um, é pedir pra ouvir mais presepada.
    Meu pensamento ta no lugar certo. 😉

  • Juliano Lima

    Não é meu nome que é “Peter Griffin”…

  • Robson Thiago Lucas de Souza

    Perdi mais que os cinco segundos da baliza do Caetano. Sinceramente, a baliza era mais importante que esse texto.

  • https://tradutorbastardo.blogspot.com Tradutor Bastardo

    “Fez faculdades gratuitas” – que não servem para porra nenhuma. Quantas delas estão próximas de um Top 100 mundial?