Blogs

Posts tagueados com ‘curiosidades’


Universidade escocesa inaugura mestrado sobre quadrinhos

9 de junho de 2011

“É, melhor começar a me preparar para as provas…”

Em setembro deste ano, a Universidade Dundee (sim, existe uma faculdade com esse nome), na Escócia, vai começar um curso de pós-graduação, digamos, único – um mestrado sobre quadrinhos. Entre os temas abordados na grade, haverá aulas sobre história das HQs, quadrinhos internacionais, prática criativa (em que o estudante cria sua própria história) e uma dissertação sobre o tema. De acordo com o site da BBC News, o programa de pesquisa da universidade foi criado por Chris Murray, uma das maiores autoridades britânicas sobre HQs.

Interessou? Então clique aqui para se inscrever e saber mais sobre a pós. O curso pode ser feito em um ou dois anos, dependendo da carga horária – o aluno tem a opção de estudar em meio período ou integral – e exige um certificado de proeficiência em inglês. Para estudantes internacionais, o custo total fica 9.500 libras (cerca de R$24.600, de acordo com o câmbio atual), sem hospedagem inclusa. É, meio caro. Você faria um curso como esse?


Tatuagem de código de realidade aumentada funciona no Nintendo 3DS

3 de maio de 2011

Marca Negra + Nintendo = tattoo de código?

Ainda bem que não falta gente criativa nesse mundo. Depois de jogar todos os games possíveis de realidade aumentada do seu novo Nintendo 3DS, o blogueiro americano cranberryzero resolveu fazer um teste e tatuar, no próprio braço, o código de um dos joguinhos. O resultado? Esse vídeo quase enlouquecedor aí embaixo.

De acordo com o blogueiro, a qualidade não é das melhores porque tentou gravar com uma mão enquanto manipulava o 3DS com a outra. A alteração leve das cores do desenho não interferiram no funcionamento do código, que ativou o game sem problemas. Bem interessante, não? Você faria algo parecido?

Essa é uma prática mais comum do que se pensa – muita gente tatua informações pessoais em forma de código QR no próprio corpo. Ainda mais agora, que ficou tão fácil criar um código. Esse site aqui, por exemplo, faz tudo automaticamente. E é por isso que resolvemos deixar um recadinho para vocês. :) Para entender a mensagem, você precisa de um leitor de códigos. Boa parte dos celulares atuais já vêm com esse dispositivo embutido.

qrcode

Até a próxima!

[PS: Lívia e Rodrigo, obrigada pelo aviso! Corrigido! :) ]


Empresa cria histórias em quadrinhos que podem ser plantadas

23 de fevereiro de 2011

Será que o Capitão Planeta leria as aventuras de Gardener e April?

Não é segredo para ninguém que “sustentabilidade” é a palavra da vez nos últimos anos. Por conta disso, todo colecionador de quadrinhos tem mais do que bons motivos para suar frio diante de um interrogatório ecológico sobre economia de papel. Pensando em limpar a consciência dos fãs das boas e velhas HQs, a empresa Home Sprout propôs uma solução: gibis “plantáveis”!

O conteúdo dessas histórias não é lá muito profundo – basicamente, são paródias de comics clássicas de superheróis, com vinte e quatro páginas de pura pegada ecológica –, mas a intenção é curiosa. Cada folha das HQs de The Gardener e April Showers recebeu uma infusão de sementes de flores e ervas variadas que crescem normalmente quando plantadas. Cada exemplar custa 9,5 dólares (estão à venda aqui e aqui), mais do que o dobro do preço de uma comic impressa em papel comum. A intenção, com o tempo, é que o custo do papel com infusão sustentável seja reduzido até a metade. Você acha que essa moda pega?

(Vi no Comics Alliance)


Ajude a encontrar os fragmentos de vídeos de “Perácio – Relato Psicótico”, de Bráulio Mantovani!

19 de janeiro de 2011

Muitos segredos estão rondando os bastidores do livro “Perácio – Relato Psicótico”, de Bráulio Mantovani, roteirista de Tropa de Elite e Cidade de Deus. Pouco antes do lançamento oficial do livro, no dia 22 de novembro do ano passado, algumas fitas com o book trailer de divulgação foram roubadas por um alguém que assina com o curioso nome de S. Pilchard. Dizem que a produção toda, tanto do livro quanto das fitas, foi bastante conturbada. Um mistério! E como todo bom mistério (ainda) sem solução, tem sua recompensa. O editor da publicação, Pascoal Soto, está fazendo um apelo para quem encontrar os fragmentos do vídeo e resolver o enigma e garante que “uma boa recompensa aguarda aquele que primeiro descobrir a localização das fitas”.

Interessou? Ficou curioso? Então dê uma olhada no site oficial do livro, reúna as pistas, preste atenção aos detalhes e… boa sorte! =)


Cientistas desenvolvem videogames a partir de microorganismos

17 de janeiro de 2011

Dê só uma olhada nesse game aí em cima. As regras são simples: para marcar pontos, você deve fazer com que as manchinhas brancas na tela atravessem as bolas amarelas e azuis. Quanto mais rápido você cumprir a tarefa, mais pontos ganha. Um arcade clássico, certo? Bom… mais ou menos. Na verdade, as tais “manchinhas” que você está vendo são paramécias, um tipo de protozoário comum em água doce. Pois é. Nesse jogo, criaturas vivas são fechadas em um ambiente propício para garantir a diversão alheia – e não, não estamos falando do Big Brother (ok, essa foi ruim).

Os biotic games – ou “jogos bióticos” em português – são uma criação dos cientistas da universidade de Stanford, nos Estados Unidos, e estão longe de ser apenas entretenimento. Todos os games exigem algum conhecimento científico leve. Na versão biótica de Pac-Man, por exemplo, a partida se desenvolve sobre um campo magnético minúsculo, que é exibido em uma tela de computador. Para avançar no jogo, é necessário inverter a polaridade elétrica do campo por meio de um console, que interfere no fluido onde estão as paramécias e, consequentemente, altera a direção delas, como mostra o vídeo abaixo.

Em entrevista ao site New Scientist, o pesquisador Ingmar Riedel-Kruse, idealizador dos games, disse acreditar que estes servirão para despertar o interesse pela ciência nas novas gerações, além de estimular novas pesquisas nas áreas de biomedicina e biotecnologia. E aí, você concorda com ele?


Página 1 de 41234