Blogs

(Eu já sabia) Games são arte e estarão expostos no MoMA a partir de março

20 de fevereiro de 2013

Seria Pac-Man a Monalisa do século XX?

Você já leu, leu de novo e cansou de ler aqui no NEWSGAMES que muitos game designers e entusiastas de jogos consideram essa mídia eletrônica uma forma de  arte, né? Bom,  para colocar um ponto final nessa discussão (ou jogar mais lenha na fogueira), a partir de março você poderá jogar/ver 14  jogos clássicos numa exposição permanente do renomado MoMA – o Museu de Arte Moderna de Nova York.

A notícia você já deve ter lido por aí, mas o resumo é o seguinte: no final de 2012, o MoMA  anunciou a aquisição de 14 games (entre eles SimCity, Pac-Man, Portal e Tetris) para o seu acervo e a pretensão de chegar a 40 jogos adquiridos (estão nessa lista futura Street Fighter 2 e Super Mario Bros).

Apesar dos curadores do museu consideraram os jogos como uma forma de arte, eles avisam que o foco da exposição lá é o design e as soluções dos games para interatividade com os usuários.

Quem diria que SimCity acabaria no museu, hein?

Como  bem apontou o site Games Foda nesse artigo aqui, os jogos estão na sua adolescência – onde a maior parte das temáticas consiste em “matar-pilhar-destruir” e uma pequena parcela busca criar novas linguagens e contar histórias que não sejam só “Hulk esmaga” feelings. Mas isso não é exclusividade dos jogos eletrônicos, isso acontece também formas de arte mais antigas como os filmes (pra cada “Cidadão Kane” existem 300 Chuck Norris) e com a milenar literatura (digamos que “50 tons de cinza” não é exatamente uma nova “Odisséia”, né?). A tendência é que com a maturidade do formato (e com o envelhecimento dos seus jogadores) a demanda por games cults/adultos/indies/artísticos só cresça.

De qualquer forma, para o MoMA os games já garantiram seu lugar nos museus e isso é legal pra caramba.

Veja também:
- Videogames são arte?
- Leitura recomendada: “A Theory of fun for Game Design”


Infografia e visualização de dados – Palestra de Emiliano Urbim, Gabriel Gianordoli e Guilhermes Damian

5 de fevereiro de 2013

Na última terça (29/01) eu e o Daniel Apolinario demos uma palestra na sexta Campus Party sobre infografia digital. Na CPBR4 esse assunto foi explorado pelo Gabriel Gianordoli (ex-designer da SUPER, expert em data visualization e atualmente no Itaú), pelo Emiliano Urbim (ex-editor da SUPER, premiado por vários infográficos e hoje na Alfa) e o Guilhermes Damian (editor de infografia do Ig). A palestra é bem legal, vale a pena assistir pra aprender.


Game em HTML5 da semana: 3BORED

31 de janeiro de 2013

Emperrou aí no trabalho? Tá de bobeira em casa? Quer jogar algo sem pensar muito? Seus problemas acabaram! 3bored é o jogo em HTML5 (com cara de Atari) ideal para um rápido momento de alegria. Jogue, divirta-se e tente não ficar viciado.

A carinha é tosca, mas a gente acha vintage :-P

-Curtiu? Confira outros 7 jogos viciantes em HTML5


Equipe do site da SUPER dará palestra esta terça (29/01) na Campus Party sobre infografia digital.

28 de janeiro de 2013

Tá em cima da hora, mas ainda dá tempo: nesta terça-feira (29/01) eu e o Daniel Apolinario (designer do site da SUPER) vamos dar uma palestra na Campus Party, em São Paulo, sobre infografia digital.

A ideia é fazer uma introdução geral ao tema e analisar o processo de desenvolvimento de algumas das produções do nosso núcleo como o “Trem do Samba” e a “República Imigrante do Brasil“.  A palestra rola a partir das 11:15h

Redação responsável pelo site da SUPER e também do Guia do Estudante e Mundo Estranho

 

Os dados do evento:

Quando? De 28 de janeiro a 3 de fevereiro de 2013.
Onde? Anhembi Parque, São Paulo/SP. (Avenida Olavo Fontoura, 1.209)
Como Chegar?
  – Localizado junto a duas das principais vias expressas de São Paulo: Marginal Tietê (acesso às estradas e zonas leste/oeste) e Av. Santos Dumont (acesso ao centro e zona sul).
-Próximo ao Terminal Rodoviário Tietê (interestadual/internacional) e à estação Tietê do metrô. Linha de ônibus 278A (Ceasa – Penha) e pontos de táxi nesse Terminal.

- Facilidade de acesso aos aeroportos de Guarulhos (internacional/nacional) e Congonhas (nacional e ponte aérea RJ).

- Ao lado do Campo de Marte – heliporto e aeroporto para aeronaves particulares – maior segurança para autoridades e executivos.

- Próximo ao Terminal Rodoviário Tietê (interestadual/internacional) e à estação Tietê do metrô. Linha de ônibus 278A (Ceasa – Penha) e pontos de táxi nesse Terminal.


Leia 3 quadrinhos do futuro

28 de janeiro de 2013

Tenho me interessado cada vez mais em novas  formas de contar histórias:  jogos jornalísticos, infográficos digitais e projetos 360º são uma parte desta brincadeira. Agora, uma coisa que me chamou a atenção nos últimos tempos foram os quadrinhos multimídia. Tem bastante coisa sendo feita em HTML5 (inclusive na publicidade), alguma coisa em vídeo e tem o trabalho espetacular do Edson Oda que mistura quadrinhos, stop motion, origami e filmes de western.

Abaixo listo 3 exemplos bacanas, espero que curtam:

1) Malaria: o velho oeste num novo formato.
O brasileiro – radicado nos EUA – Edson Oda tem produzido vídeos muito legais que misturam stop motion, quadrinhos, origami e cinema de velho oeste. A ideia original de Edson Oda era criar uma animação para o concurso de divulgação de “Django Livre”, novo filme do diretor Quentin Tarantino. Como “Malaria” era um projeto muito trabalhoso, Edson inscreveu “The Writer” na competição e lançou “Malaria” agora.


2)Ain’t nothing but a movie:
conto de zumbis (escrito por Roberto Bolaño) vira HQ em HTML5

A revista literária “Granta” adaptou um conto do grande escritor chileno Roberto Bolaño para uma versão de quadrinhos em HTML5. Tem várias produções bacanas de HQs animadas em HTML, inclusive produzidas no Brasil. 

Zumbis cults em conto de Roberto Bolaño

 

3) Symbolia: jornalismo em quadrinhos para tablets 

Existe espaço para revistas feitas exclusivamente em tablets? Enquanto o “The Daily”, do magnata da mídia Rupert Murdoch, faliu depois de torrar mais de 33 milhões de dólares, o Symbolia chega com uma ousada proposta de produzir jornalismo em quadrinhos para tablets. Você pode conferir a primeira edição grátis no link abaixo.

Symbolia: Jornalismo em quadrinhos

 

*Vale lembrar que eu sou um grande fã de quadrinhos tradicionais  e não acho que esses novos formatos vão matar seus quadrinhos favoritos da Marvel (apesar de eles estarem no iPad) ou do Crumb. No entanto, essa mistura expande os horizontes da criação de uma maneira bem legal. Tentei um pouco isso com o teaser em vídeo do meu livro “Canções para ninar adultos”.


Página 10 de 25primeira...89101112...20...última