Fraldas e absorventes descartáveis sujos podem ser reciclados

Por Atualizado em 14/09/2011

Não há dúvidas de que as fraldas descartáveis geram um grande prejuízo ao meio ambiente. Elas se acumulam aos montes em lixões e aterros sanitários e demoram cerca de 500 anos para se decompor. Estima-se que um bebê use por volta de seis mil fraldas desse tipo até que passe para o pinico. Já as fraldas de pano podem ser usadas várias vezes e, mesmo demandando gasto com água para a lavagem, seu impacto é menor. A sustentabilidade, na maioria dos casos, vai na direção da reutilizaçãoe as fraldas de algodão podem ser reusadas até 100 vezes.

Mas, vamos admitir, as mães modernas têm preferência pelas descartáveis. Quando se fala em absorventes femininos, então, são pouquíssimas as mulheres que, em nome da consciência ambiental, preferem os produtos de algodão que podem ser usados de novo depois de limpos.

Já que nesse caso é tão difícil reduzir o consumo e descarte, uma empresa canadense desenvolveu uma solução interessante e inaugurou, no Reino Unido, uma usina de reciclagem de fraldas, absorventes femininos e geriátricos – sujos, é claro (leia Primeira usina de reciclagem de fraldas descartáveis).

A reciclagem tem dois processos:
– o material orgânico – ou seja, o cocô dos bebês – é separado, seco e transformado em gás para a geração de energia e
– as fraldas e absorventes são esterelizados, lavados e passam por um tratamento químico que tira o gel absorvente de resíduos líquidos.  Depois de limpo novamente, o plástico é comprimido e triturado em pequenas partes, que podem dar origem a produtos como madeira plástica, telhas e outros materiais absorventes.

A Knowaste*, empresa responsável pela solução, calcula que a reciclagem de fraldas e absorventes sujos evitará a emissão de 22 mil toneladas de carbono por ano. É uma boa contribuição… Agora, será que estamos perto de tecnologias que reciclem outros materiais sujos, como guardanapo ou papel higiênico? Aproveite e comente se você gostaria que a iniciativa chegasse por aqui e se ela ajudaria a reduzir o seu lixo que vai para os aterros sanitários.

*Knowaste

Foto: inottawa/Creative Commons

Leia também:
Usar fraldas de pano é menos poluente?
Sim, absorvente ecológico!
Bebês sem fraldas

Siga o Planeta Sustentável:

  • Nathi

    Acho que a reciclagem do papel higiênico e guardanapos pode ser muito semelhante a reciclagem das fraldas e absorventes.
    Com certeza seria ótimo ter essa estrutura no nosso país.

  • http://www.facebook.com/naahadami Nadine Adami

    O meu TCC (trabalho de conclusão de curso) está sendo realizado e projetado em cima de tal tecnologia e da iniciativa para diminuir a emissão do carbono. Podemos constatar através de pesquisas aprofundadas do processo de realização de uma empresa como esta, é sim viável. Porém é preciso investidores e pessoas que acreditam num futuro menos poluente; iniciativas conscientes existem, porem, ainda há uma defasagem em investimento e pessoas que abraçam a causa financeiramente.

  • kenya

    Uma solução simples para o descarte de papel higiênico usado seria enterrá-lo por algum tempo. As minhocas fariam o restante do trabalho e poderia ser um bom adubo para as plantas do jardim.

  • http://mari_slt@hotmail.com Mariana

    Acho muito interessante que essa iniciativa esteja sendo tomada, mas… Os custos com maquinários e tecnologia é muito alto, tornando o processo de reciclagem inviável, e inacessível a muitos países, infelizmente.

    Muitos falam do custo e gasto com água e energia para lavar as fraldas de pano, porém, o que pude constatar na prática é que minha conta de água e luz não aumentou! É claro que é preciso, assim como qualquer recurso, fazer a lavagem de forma consciente!

    Informação é tudo! E hoje é muito mais fácil de trocar ideias a respeitos das fraldas reutilizáveis, eu aposto nas fraldas de pano modernas! Minha filha e muitas outras pessoas já aderiram a elas!

    Minha filha usa a fralda que não utiliza plástico como impermeável, pra mim foi um ponto importante na minha escolha.

  • http://vitoria-sustentavel.blogspot.com/ Emmanuel Marcel Favre Nicolin

    Você sabiam que existem também fraldas reutilizáveis, muito mais ecológicas. Eu sei que nem sempre é fácil e até tenho amigos muito ecologicamente correto que não aguentaram esse tipo de fraldas porque deu muito trabalho para eles. Eu quero pelo menos tentar o dia que eu tiver um filho!

    Exemplo
    http://www.fraldabonita.com.br/
    http://fraldasecologicas.art.br/

    Emmanuel,
    Blog Vitória Sustentável
    http://vitoria-sustentavel.blogspot.com/