Re:Bit Re:Bit

Por Atualizado em 25/06/2014

A nova versão, que  se chama Android “L” e será liberada amanhã, vem com várias mudanças, a começar pelo visual. O Android ganhou uma nova cara, que foi batizada de Material Design e tem cores fortes e elementos planos (um estilo que também será usado nos web apps do Google). Não é uma transformação dramática, é um refinamento da interface atual. O que mais chama a atenção é o novo sistema de notificações, tradicional ponto forte do Android. Agora, ele permite ver alguns dos alertas (como avisos de novos e-mails, mensagens de texto e updates de redes sociais) na própria lock screen, ou seja, sem precisar destravar o telefone. Parece bacana.

A nova versão virá de fábrica em todos os celulares Android a partir do segundo semestre. Quem possui os modelos Nexus 5 e Nexus 7 poderá baixar a atualização a partir de quinta-feira (mas terá de seguir um procedimento específico para instalá-la). É que, por enquanto, o público-alvo do Android L são os desenvolvedores de software, que irão ajudar a testar e melhorar o sistema antes que ele seja liberado ao público em geral – o que deve acontecer nos próximos meses.

 

Por Atualizado em 11/06/2014

Brazil-2014-World-Cup
Finalmente, a Copa chegou. Serão 64 partidas, várias delas imperdíveis. Quer adicionar todas à sua agenda, e sempre saber quem vai jogar e a que horas? Dá pra fazer isso em poucos segundos. Se você usa o Google Calendar, clique aqui – e, na janela que se abrirá, aperte o botão de “+” (diagonal inferior direita da tela). Pronto, agora você tem os horários e os times de todos os jogos no seu computador e no celular. Usa o aplicativo de calendário da Apple, ou o Microsoft Outlook? Clique aqui para baixar o ICS (feito o download, basta abrir o arquivo). E boa Copa!

(via Quartz)

Por Atualizado em 10/06/2014


O Google anunciou a compra, por US$ 500 milhões, da Skybox Imaging: uma empresa de satélites que captura imagens da Terra em tempo real (veja exemplo acima). A Skybox pretende montar uma rede de 24 satélites que vão gerar imagens e dados para incrementar o Google Maps e o Google Earth – e também poderão levar sinal de internet a regiões remotas. Recentemente, o Google comprou a Titan Aerospace,  uma empresa que fabrica drones, e também começou a lançar uma frota de balões que funcionam como retransmissores de dados – um dos quais caiu na semana passada.

Por Atualizado em 02/06/2014

ios8
A Apple acaba de mostrar, em evento nos EUA, as novas versões de seus sistemas operacionais: o iOS 8, para smartphones e tablets, e o Mac OS X Yosemite. Não são atualizações gigantescas, mas têm algumas novidades legais. No iOS, destaque para o sistema de notificações melhorado (agora permite fazer algumas coisas, como aceitar ou rejeitar uma chamada, na própria “persiana”) e para o iCloud Drive, um serviço de armazenamento de arquivos na nuvem com muito espaço. O plano pago, de US$ 3,99 mensais, dá direito a nada menos que 200 GB. É o dobro da capacidade oferecida pelo Dropbox pago – por menos da metade do preço.


No Mac OS, a principal mudança é a interface, agora ainda mais parecida com a do iOS, e a integração entre desktop, celular e tablet. Se você estiver trabalhando no Mac e o seu iPhone tocar, não precisa pegar o aparelho – pode atender a chamada direto no computador, no qual também é possível ler e enviar SMS. Se você estiver editando um documento ou lendo um e-mail no Mac, pode enviá-lo para o iPad, e vice-versa. É o recuso Handoff, que sincroniza o conteúdo do navegador, do aplicativo de e-mail, do calendário e da suíte iLife (editores de texto, planilhas e apresentações). Interessante. O iOS 8 e o Mac OS Yosemite deverão ser lançados nos próximos meses. A atualização será gratuita (o iOS requer iPhone 4S, iPad 2 ou mais recente).

Por Atualizado em 28/05/2014


Há vários anos que o Google desenvolve carros autônomos, capazes de dirigir a si mesmos – só nos EUA, sua frota já rodou mais de 480 mil km. Sempre com uma pessoa atrás do volante, pronta para assumir o controle caso o sistema robótico tivesse algum problema. Mas, agora, o Google resolveu dar um passo além: e criou um carro que não tem volante, acelerador, nem freio. Ou seja, um veículo 100% autônomo. É um compacto que lembra um pouco o Cinquecento, da Fiat, tem dois lugares e é movido por um motor elétrico (cuja autonomia não foi divulgada). A pessoa indica onde quer ir, usando o Google Maps, e o automóvel dirige sozinho até lá.

É apenas um protótipo, claro, sem data de lançamento nem permissão para rodar pelas ruas. Mas impressiona. E ajuda a enxergar como o futuro dos carros poderá ser.