Re:Bit Re:Bit

Por Atualizado em 29/07/2011


Para dar uma animada no Microsoft Global Exchange, evento que reúne vendedores da Microsoft de todo o mundo, a empresa decidiu produzir e exibir um vídeo engraçadinho. Ele é protagonizado pelo “Gmail Man”, um carteiro meio aloprado que tem o hábito de ler a correspondência das pessoas – exatamente como fazem, na vida real, os robôs do Google (que analisam o conteúdo das mensagens para exibir anúncios relacionados a elas na tela do Gmail). O vídeo é um material interno da Microsoft, ou seja, não deveria ser exibido ao público em geral. Mas acabou vazando – clique aí em cima para assistir. É brega, mas até que é engraçado. Parece uma mistura de Saturday Night Live com The Office e Zorra Total.

Por Atualizado em 28/07/2011

Ele se chama Page Speed Service e funciona assim: primeiro você se cadastra e fornece o endereço do seu site (que já precisa estar no ar, hospedado num host qualquer). Aí o Google copia automaticamente todo o conteúdo do site, cujo código é reescrito para ficar mais enxuto e, finalmente, salvo nos data centers do Google espalhados pelo mundo – que passam a funcionar como hospedeiros da sua página, cujo carregamento supostamente fica de 25% a 60% mais rápido (você pode fazer um teste neste link aqui). Parece interessante.

O único porém é que, ao contrário de quase todos os serviços do Google, o Page Speed -que está sendo liberado aos poucos- não será grátis. O primeiro mês é cortesia, mas depois haverá uma mensalidade (cujo valor o Google não informou, dizendo apenas que será “competitivo”).

Por Atualizado em 27/07/2011


Está vendo essa tabela aí de cima? É o resultado da última pesquisa da consultoria americana Strategy Analytics, e mostra uma coisa absolutamente surpreendente. De 2010 para cá, as vendas de iPads triplicaram – mas a Apple cedeu muito espaço para os tablets com sistema operacional Android, que já têm 30,1% do mercado. É bem impressionante, principalmente se você considerar que o Android ainda está longe da maturidade em tablets – onde, ao contrário do que acontece nos smartphones, o iOS ainda tem uma vantagem tecnológica grande.

Mas então o sistema do Google está vindo com tudo para atropelar o iPad? Mais ou menos. Esses números se referem à quantidade de tablets fabricados e enviados às lojas – e não ao que foi efetivamente comprado pelos consumidores. De toda forma, é um movimento grande e que pode sim sinalizar um abalo na hegemonia do iPad. Basta que os consumidores confirmem a aposta dos fabricantes e prefiram os tablets Android. Você compraria um?

Por Atualizado em 25/07/2011


A descoberta é do site americano 9 to 5 Mac, que fuçou no código do sistema operacional iOS 5 e encontrou indícios do novo recurso – que permitirá dar instruções de voz ao iPhone. Ninguém sabe exatamente como vai funcionar, mas tudo indica que será como no aplicativo Siri – que a Apple comprou há um tempo e entende comandos bem sofisticados e específicos, como “quero reservar mesa num restaurante italiano perto de casa” (veja alguns exemplos no vídeo aí de cima). Se for assim mesmo, vai ser muito legal. Dá um banho na busca por voz do Android. O único problema está na adaptação para o português do mecanismo de reconhecimento de voz – que pode demorar uma eternidade ou nem acontecer.

Por Atualizado em


No fim de semana, o Facebook começou a distribuir uma atualização para seu aplicativo de iPhone. É um update pequeno e discreto, que não traz muitas coisas novas. Exceto por uma grande surpresa: escondido dentro dele, está o esperadíssimo Facebook para iPad. É sério.
Se você tiver um iPad com jailbreak (desbloqueado) e fizer uma pequena configuração, aparentemente consegue rodar o novo aplicativo – que finalmente adapta o Facebook ao tablet da Apple. Mas por que decidiram vazar o programa dessa maneira? Pode ter sido um acidente ou (mais provável) uma maneira de sondar a reação das pessoas ao app, cujo lançamento oficial é esperado para as próximas semanas.