Acesso à internet agora é direito humano básico

Por Atualizado em 10/06/2011


Se por acaso o seu acesso à internet for cortado, você já pode reclamar com a ONU. Um dos seus direitos estará sendo desrespeitado. É isso mesmo: navegar na rede agora é um direito humano básico assegurado pela Organização das Nações Unidas. Isso quer dizer que, além de ser tratado com respeito, de pedir informação, de mudar de opinião, de ir e vir, você também têm direito de acessar à internet.

O documento que oficializa a navegação na web como direito humano básico tem mais de 20 páginas e foi publicado pela ONU na semana passada (já faz um tempinho, mas não poderíamos deixar passar em branco, certo?). Nele, a organização enfatiza a importância da natureza “transformadora e única da internet”. De acordo com o texto (que você pode ver aqui, em inglês), o acesso à rede favorece o progresso da sociedade e permite que os usuários exercitem direito de opinião e expressão. Mas, na prática, o que muda?

Se você está lendo isso, pouca coisa muda na sua vida.. Mas lembre-se que tem muita gente por aí que enfrenta censura nacional e não pode entrar em qualquer site. Há alguns dias, dois terços do acesso à internet na Síria foi bloqueado sem aviso. O documento da ONU reage ao corte.  “A recente onda de protestos em países do Oriente Médio e África do Norte mostrou o papel-chave que a internet pode desempenhar em mobilizar a população para pedir por justiça, igualdade e mais respeito aos direitos humanos. Sendo assim, facilitar o acesso à internet para todos os indivíduos, com a menor restrição ao conteúdo online possível, deve ser prioridade”, ressalta o relatório.

Agora você pode estar imaginando “mas como é que ninguém pensou nisso antes?”. Na Estônia, uma lei com os mesmos preceitos existe desde 2000 (naquela época em que você ainda usava ICQ e a internet era discada). Na Finlândia, a Justiça garante uma navegação com velocidade mínima de 1 megabyte por segundo. Essa é a internet do futuro: rápida e livre. Mas não vale reclamar com a administração da empresa que bloqueia aqueles sites que não te deixam trabalhar.

  • http://www.niinformatica.com.br Tiago Pecinato

    Espero que seja confirmado…

    E seja cumprido… muitos locais nao sao…

  • Cristain Teixeia

    agora as escolas teriam que seguir essa regra …

  • Lara Rebeca

    Concordo Matheus, agora é um DIREITO meu, internet para expor opinião, internet para informar…

  • Silvestre Oliveira

    Isso é um tanto quanto incoerente, se nem conseguimos erradicar o analfabetismo (que é o básico dos básicos), como poderá ser usufruido, sendo que este depende de tal? E a pobreza, a miséria? É tanta coisa pra se preocupar… isso não fará do mundo melhor.

  • Internauta

    Na Internet você pode fazer muita coisa que você não faria pessoalmente, como por exemplo: denunciar, expor suas idéias em relação ao mundo ou fatos recorrentes em sua cidade, país etc. Isso tem um nome: Democracia, Liberdade de expressão!

  • http://www.narutoproject.xpg.com.br/ Paulo Paracatu

    Internet de 1 megabyte ou 1 megabit?
    Se for 1 megabyte, seria o equivalente a 10mbps (megabits por segundo), aproximadamente.

  • Dante

    É universal mas vai valer aqui no Brasil também?

  • Ricardo Padilha

    Estando a 13 KM do centro da Capital Paulista não existe “Nenhuma Empresa” que forneça acesso a internet onde moro (Vl. Silvia), excluindo seus moradores deste que agora é um Direito Humano assim como ir e vir, saneamento básico etc… Quando os nossos políticos vão encarar realmente de uma forma séria essa questão e distribuir igualmente as oportunidades de acesso entre todas as faixas sociais existentes principalmente aqui no mais rico Estado desse país.

  • http://www.twitter.com/bylucamiranda Luca Miranda

    Queremos ver isso na prática, ainda mais aqui no Brasil, onde temos o acesso a rede de baixa velocidade por um preço do tamanho do Cristo redentor… ai não dá néh !

  • http://twitter.com/#!/RafaelBlasechi Rafael Blasechi

    Acredito que existam outras necessidades básicas que não estão sendo respeitadas ou até mesmo esquecidas pelas autoridades! Mesmo existindo paises que enfrentam censura etc etc…

  • Geovanio

    Dêem uma olhada!