Blogs

Posts da categoria ‘tecnologia’


Você pode ajudar a construir um museu em homenagem a Nikola Tesla. Saiba como

16 de agosto de 2012

Nikola Tesla

O cara deixou como contribuições a corrente alternada, o rádio, a lâmpada fluorescente e a Bobina de Tesla. Sim, estamos falando do inventor Nikola Tesla, um dos maiores gênios que já existiram. Se você curte o legado do cientista, saiba que ele ainda não tem um museu lá nos Estados Unidos. E isso revoltou tanto o webdesigner Matt Inman, criador do site The Oatmeal, que agora ele está tentando levantar fundos para comprar o antigo laboratório de Tesla e finalmente montar um museu em homenagem ao inventor.

A propriedade custa 1,7 milhão de dólares, mas o estado de Nova York garantiu que vai subsidiar metade da compra se os organizadores conseguirem levantar os outros 850.000 mil dólares. O laboratório, chamado Wardenclyffe, foi construído para fornecer energia sem fio para o mundo inteiro, mas os investimentos foram cortados e isso nunca chegou a acontecer.

Em 1917, a torre que ficava em cima do laboratório foi demolida e o terreno foi vendido. Agora, anos depois, o terreno está à venda de novo. E você pode ajudar a comprá-lo. Dá para doar a partir de 25 dólares no site Indiegogo e ainda ganhar alguns presentes, como fotos do Tesla, camisetas e canecas, dependendo do valor doado. Até o momento em que este post foi publicado, mais de 435 mil dólares já haviam sido arrecadados. E ainda faltam 44 dias!

E aí, resolveu ajudar? Conte pra gente o que achou da iniciativa.


Gosta de ler deitado na cama? Esses óculos podem facilitar sua vida

13 de agosto de 2012

Óculos de prisma ajuda a ler e ver TV enquanto você está deitado

Tá, você não está entendendo qual a surpresa, já que não é tão difícil assim  ler deitado. Mas tem um problema e você há de concordar: ficar se virando o tempo todo com o livro na mão não é nada legal. E a posição pode deixar você com dor no pescoço e nas costas.

É para resolver esse desconforto que o site Whateverworks está vendendo óculos equipados com prismas, que fazem com que você enxergue objetos em um ângulo de 90 graus para baixo (dá para entender como funciona na foto acima).

Os óculos foram idealizados para pessoas com mobilidade reduzida, mas também podem ser usados por aqueles que querem apenas descansar enquanto curtem um bom livro ou série de TV. Para quem já usa óculos, uma boa notícia: ele pode ser colocado também por cima de óculos de grau.

O produto está sendo vendido nos Estados Unidos por preços a partir de 25 dólares – dependendo do modelo de armação que você escolher o preço pode passar de 100 dólares. Apesar das ‘boas intenções’ da criação, o problema é que os óculos devem incomodar um pouco. Nada é perfeito, né?

Mas e aí, você usaria o produto?

Via Dvice


Pesquisadores criam robô humanoide que pode substituir salva-vidas no futuro

8 de agosto de 2012

Os japoneses já anunciaram a criação de alguns robôs bem bizarros, como uma “mão-robô” que transmite toque e temperatura pela internet e até uma mão robótica que sempre ganha no “pedra-papel-tesoura”. A invenção da vez parece ter um pouco mais de utilidade: o Instituto de Tecnologia de Tóquio desenvolveu um robô humanoide que consegue nadar como um humano.

O protótipo ainda está em sua primeira versão, mas consegue alcançar 0,64 metros por segundo no nado crawl, além de realizar nado de costas e no estilo borboleta. A intenção dos pesquisadores é criar um robô que possa resgastar vítimas de afogamento.

Por enquanto, o “Swumanoid” está sendo usado para encontrar padrões que possam ajudar a melhorar a técnica de um nadador. Afinal, o robô consegue repetir, sem se cansar, os mesmos movimentos diversas vezes. Algo que é um desafio enorme para um nadado.

Veja o vídeo abaixo para ver o “Swumanoid” em ação:

Como quase tudo em robótica, o  “Swumanoid” representa um potencial. Quem sabe daqui 10 anos esses robôs não estarão salvando as pessoas no mar?

Via Geekologie


Veja uma cadeira de rodas feita de Lego que funciona de verdade

1 de agosto de 2012

De dia, Simon Burfield é um desenvolvedor de iOS. Mas durante a noite, ele se dedica a construir coisas incríveis com peças de Lego. “Burf”, como é chamado, é um especialista em construir grandes robôs com as peças do brinquedo. Mas, seu último protótipo é um pouco diferente: ele acaba de criar uma cadeira de rodas que realmente funciona.

A construção é capaz de mover uma pessoa de até 90kg e é feita com peças das linhas Mindstorms e Technic da Lego e rodas multidirecionais. Por enquanto, a cadeira é dirigida por meio de um joystick de quatro direções. Para Burf, o próximo passo é justamente fazer com que a peça trabalhe com Bluetooth para poder ser controlada por um dispositivo Android.

Dá para ver um vídeo de demonstração da peça, olha só:

Veja uma galeria com outras coisas incríveis construídas com Lego

A peça ainda está em desenvolvimento e é apenas um protótipo, mas parece um projeto bem bacana e que pode até ajudar muita gente. O que você acha?

Via Dvice


Dispositivo para pessoas cegas transforma imagens em sons

19 de julho de 2012

Pesquisadores da Universidade Hebraica de Jerusalém, em Israel, desenvolveram um novo dispositivo que pode ajudar pessoas com deficiência visual a interagirem com objetos de uma maneira diferente. A invenção é chamada de “EyeMusic” e faz algo bem ousado: escaneia o ambiente e converte as imagens em áudio por meio de um óculos equipado com câmera e fones de ouvido. O objetivo é auxiliar pessoas cegas a realizar tarefas cotidianas, como compras no supermercado.

O site MedGadget explica que o truque para criar um bom dispositivo de substituição sensorial como esse é encontrar uma forma de relacionar imagens e sons que seja fácil de interpretar. O “EyeMusic” faz isso assim: cada cor é representada por um som diferente. Por exemplo, quando a câmera do dispositivo reconhece a cor azul, é produzido o som de uma corneta. Se for reconhecida a cor branca, o que se ouve é um som feito por um vocal. Além disso, quanto mais brilhante um objeto for, mais alto é o som. Aqui você consegue ouvir algumas demonstrações.

A diferença desse dispositivo de substituição sensorial, segundo o estudo publicado no jornal “Restorative Neurology and Neuroscience”, é que o “EyeMusic” é um sistema de fácil compreensão para os novos usuários e que pode ajudar na criação de uma interface definitiva para pessoas cegas.

O que você achou da ideia?

Crédito da imagem: Maxim Dupliy, Amir Amedi and Shelly Levy-Tzedek


Página 2 de 1012345...10...última