Blogs

Frase da semana: “Aqueles que não conseguem lembrar o passado estão condenados a repeti-lo”

23 de dezembro de 2011

Toda semana, a SUPER explicar melhor um pouquinho mais sobre aquelas frases que ficaram famosas e marcaram a História, a Filosofia, a Arte, a Cultura ou a Ciência. Se você tem dúvidas sobre o contexto em que foi dita aquela citação que você curte, mande uma sugestão para nós. Depois, pode usá-la sem medo no nick do MSN, no Twitter ou no Facebook.

A nossa leitora Bruna Pereira nos escreveu o seguinte e-mail: “Bom dia, minha sugestão, para as frases da semana é : ‘O povo que esquece sua história esta condenado a repeti-la’. Ouvi esta frase ontem em uma aula de história e como gostaria de saber mais dela resolvi sugerir”. Pois bem, Bruna, seu pedido foi atendido!

A frase exata é levemente diferente, ainda que seu significado seja o mesmo: “Aqueles que não podem lembrar o passado estão condenados a repeti-lo”. Ela foi escrita por George Santayana, pseudônimo de Jorge Agustín Nicolás Ruiz de Santayana y Borrás, um filósofo, poeta e ensaísta espanhol que fez fama escrevendo em inglês.

O aforismo aparece em A Vida da Razão, livro publicado em 1905. Mais precisamente no volume I, ali no capítulo XII, bem neste seguinte parágrafo: “O progresso, longe de consistir em mudança, depende da capacidade de retenção. Quando a mudança é absoluta, não permanece coisa alguma a ser melhorada e nenhuma direção é estabelecida para um possível aperfeiçoamento; e quando a experiência não é retida, como acontece entre os selvagens, a infância é perpétua. Aqueles que não conseguem lembrar o passado estão condenados a repeti-lo”.

E é aí que a gente explica a frase usando um exemplo bem clichê: muitos políticos fazem atrocidades, roubam dinheiro público e falam absurdos. Todo mundo reclama, mas, chegam as eleições, o povo esquece de tudo e novamente coloca o número do candidato nas urnas.

Esse “problema de memória” existia em 1905, continua existindo hoje e provavelmente sempre vai existir. Triste!

Veja a história por trás de outras frases famosas:

“Olho por olho e o mundo acabará cego” – Mahatma Gandhi
“Jamais interrompa seu adversário quando ele estiver cometendo um erro” – Napoleão Bonaparte
“Trocaria toda a minha tecnologia por uma tarde com Sócrates” – Steve Jobs
“[Deus] às vezes joga [dados] onde ninguém pode ver” – Stephen Hawking
“A imaginação é mais importante que o conhecimento” – Albert Einstein
Frase da semana: “Voe como uma borboleta, ferroe como uma abelha” – Muhammad Ali

Frase da semana: “A gramática controla até reis e princesas!” – Molière
“Quem sabe dizer se a vida não é o que chamam de morte e a morte não é o que chamam de vida?” – Eurípides
“Computadores são inúteis. Eles só podem dar respostas” – Pablo Picasso

“Patriotismo é quando o amor por seu próprio povo vem primeiro” – Charles de Gaulle
“A ciência é o grande antídoto contra o veneno do entusiasmo e da superstição” – Adam Smith
“Um dia sem risada é um dia desperdiçado” – Charlie Chaplin
“A vida é o que acontece enquanto você está ocupado fazendo outros planos”- John Lennon
“Nós somos feitos da matéria de que são feitos os sonhos” – Shakespeare

Comente!