Blogs

As 10 cervejas mais vendidas no mundo

13 de setembro de 2010

Atualizem os artigos da Wikipédia!

A Super conseguiu, com exclusividade, a lista das cervejas mais vendidas em 2009. Todas elas são claras, leves, não têm mais de 5% de concentração de álcool e patrocinam algum tipo de esporte. Duas delas são light (!), três são chinesas e uma é brasileira. E você sabia que a Skol é dinamarquesa?

10. Yanjing

Tipo: Pale lager (cor clara e muito transparente, sabor moderadamente amargo)

Volume de álcool: 4.5% (garrafa 330mL)

Terra natal: China

Patrocinou: Olimpíadas de Beijing

É cerveja oficial do Partido Comunista Chinês.

9. Coors Light

Tipo: Light (102 Kcal por lata de 350 mL)

Volume de álcool: 4,2%

Terra natal: Canadá

Patrocina: a Liga Nacional de Futebol Americano (NFL) e as corridas de Nascar.

Todas as suas embalagens vêm com “Certificado de Frio”: uma tinta especial que muda de cor quando a temperatura fica a menos de 4°C.

8. Heineken

Tipo: Pale lager

Volume de álcool: 4,3%

Terra natal: Holanda

Patrocina: UEFA (União das Federações Europeias de Futebol) e diversos festivais musicais pela Europa, como o Oxegen, maior festival de música da Irlanda.

Possui um aplicativo pra iPhone conectado ao Facebook que serve para chamar seus amigos virtuais pra beber – na vida real, supostamente.

7. Tsingtao

Tipo: Pilsener (pálida, amarela e com presença de lúpulo)

Volume de álcool: 4,7%

Terra natal: China

Patrocinou: Olimpíadas de Beijing

Criada por alemães instalados na região, passou pelas mãos de japoneses e famílias chinesas até ser estatizada.

6. Brahma

Tipo: Pilsener

Volume de álcool: 5%

Terra natal: Brasil

Patrocina: Seleção Brasileira de Futebol, Copa do Mundo, Festa do Peão de Boiadeiro de Barretos e carnaval de diversas cidades brasileiras.

Já teve Fernanda Montenegro, Maitê Proença, Mussum e Luiz Gonzaga como garotos propaganda da marca.

5. Corona

Tipo: Pale lager

Volume de álcool: 4,6%

Terra natal: México

Patrocina: Associação Profissional de Golf Feminino (LPGA), as corridas de Nascar no México, além de promover o Corona Music Fest, também no México.

Sua garrafa é transparente, “marca registrada” que faz com que ela se estrague mais rápido quando exposta ao sol ou a lâmpadas fortes. Talvez os mexicanos bebam no escuro.

4. Budweiser

Tipo: American Lager (Leves, claras, gaseificadas e aguadas)

Volume de álcool: 5%

Terra natal: Estados Unidos

Patrocina: Copa do Mundo, uma equipe de corrida Nascar e cavalos Clydesdales, utilizados para divulgação da marca.

Compartilha o mesmo nome da cerveja tcheca produzida em Budweis desde o século XIII (a americana foi criada em 1876). A justificativa da Bud americana é que a coincidência se deve ao estilo da cerveja (Budweiser significa “de Budweis”). A confusão dos nomes faz com que a marca americana seja vendida como Bud na Europa, onde a Budweiser Budvar (a tcheca) também é distribuída.

3. Skol

Tipo: Pilsener

Volume de álcool: 4,7%

Terra natal: Dinamarca

Patrocina: Seleção Brasileira de Futebol, Brasil Surf Pro (circuito de surf brasileiro), Carnavais de Recife e Olinda (PE), festas de São João em Campina Grande e Patos (PB), e diversos shows musicais. Possui um festival de música que acontece por todo o país, o Skol Beats.

Skol vem da expressão sueca “Skål”, que significa ‘Saúde!’ e é utilizada quando os loirinhos lá do norte fazem um brinde. É Dinamarquesa, mas tem licença para ser fabricada no Brasil desde 1967.

2. Bud Light

Tipo: Light (95 Kcal por lata de 350 mL)

Volume de álcool: 4,2%

Terra natal: Estados Unidos

Patrocina: NBA (Associação Nacional de Basquete dos EUA), UFC (associação americana de MMA), seleção mundial mexicana de futebol, entre outros.

Era a cerveja mais vendida no mundo até ser desbancada pela…:

1. Snow

Tipo: American Lager

Volume de álcool: 4,3%

Terra natal: China

Patrocina: Uma edição do “Man Vs Wild”, reality show do Discovery Channel britânico parecido com o No Limite, traduzido no Brasil como “À prova de tudo”.

Na China, é chamada de Xue Hua, que significa, literalmente, “flor da neve”.

É a única cerveja da lista vendida exclusivamente em um país – sorte dela que é no de maior população do planeta!

Fonte: The U.S. Beer Market: Impact Databank Review & Forecast, 2010 Edition

Comente!