Blogs

Destaques de 2010 da SUPER: Os 10 fatos mais bizarros

16 de dezembro de 2010

por Tiago Jokura, da Mundo Estranho
COLABORAÇÃO PARA A SUPERINTERESSANTE

2010 foi surreal: cheio de mortes estúpidas, histórias dignas de ficção científica e uma coleção de fatos que só não passam por lorota por causa das milhões de testemunhas fieis ao que rola de mais absurdo na internet por Tiago Jokura, editor da revista Mundo Estranho

ET BRASILEIRO
Depois de Varginha (MG), foi a vez de Corguinho (MS) abrigar um ser extraterrestre em território nacional. Programas de televisão do SBT, Record e Band revelaram Bilu e seu recado a todo o Brasil: “apenas que busquem conhecimento”.

PERSEGUIÇÃO POLICIAL AO VIVO
Em outubro, o foragido Wellington Gonçalves do Santos foi perseguido por policiais e virou estrela de TV, ocupando o 2º lugar no IBOPE! O cara parou o trânsito de São Paulo e a audiência do Brasil no fim de uma tarde de sexta, quando o apresentador José Luis Datena passou a narrar a fuga ao vivo, com imagens filmadas de um helicóptero. O fugitivo disparou na contramão, atropelou policiais motociclistas, deu marcha ré pra cima de carros e ônibus e só parou após ser ferido com um tiro na mão!

JOGADAS DE EFEITO
O goleirão marroquinho Khalid Askary protagonizou os lances mais imbecis do ano no futebol. Primeiro, o cara defendeu um pênalti e saiu para comemorar antes da hora… a bola tomou um efeito improvável, entrou no gol, e ele nem viu! Cerca de duas semanas depois, Khalid tomou um frangaço e abandonou o campo correndo. Se dependesse da torcida, não precisava voltar mais…

MAIS FEIO QUE MATAR A MÃE
O ator Michal L. Brea, do seriado Ugly Betty, decapitou a própria mãe com uma espada de samurai! Além de ter a cabeça arrancada, o corpo da vítima apresentava vários furos feitos pela arma nada convencional do “querido” filho…

ISSO É QUE É ARMA BIOLÓGICA!
Ratos mortos recheados com tabletes de paracetamol – princípio ativo de medicamentos analgésicos – são a arma do governo americano para combater as cobras-arbóreas-marrons que dominam a ilha de Guam, território dos EUA no Pacífico. As “iscas” são lançadas sobre as florestas a partir de helicópteros com a missão de eliminar os predadores que já detonaram várias espécies nativas.

DE ELEVADOR É MAIS RÁPIDO…
O Darwin Awards é um prêmio anual para as mortes mais estúpidas. Em 2010, o campeão foi um coreano de 40 anos, cadeirante. Indignado com o elevador que fechou antes que ele entrasse, o cara acelerou a cadeira de rodas até arrebentar a porta, mergulhar no fosso e conquistar o título. A proeza foi registrada por câmeras do circuito interno de segurança.

TRÁFICO PÚBLICO
A invasão policial e militar do complexo de favelas do Alemão, no Rio de Janeiro, abriu as portas para que os moradores se aproveitassem do luxo dos criminosos. O traficante Pezão, por exemplo, teve a mansão de quatro andares invadida por vizinhos que se esbaldaram com o ar-condicionado, piscina e TVs LCD que equipam o local. O mais bizarro, porém, era o painel retratando o cantor-mirim canadense Justin Bieber (!) em um dos quartos

MORCEGO YODA
Dentre as mais de 200 espécies de plantas e animais encontradas recentemente na ilha de Papua Nova Guiné, na Oceania, a que mais chama atenção parece coisa de ficção científica: trata-se de um morcego que é a cara do mestre jedi Yoda, da saga Star Wars. Definido ainda o nome científico não está…

SANGUE, SUOR E LÁGRIMAS
O russo Vladimir Ladyzhensky morreu ao disputar a final do Campeonato Mundial de Sauna deste ano, disputado na Finlândia. O finlandês Timo Kaukonen, que também disputava a final foi hospitalizado junto com Vladimir, mas sobreviveu. Nos duelos do torneio, que pode ser cancelado a partir de 2011, vence quem aguentar mais tempo numa sauna a 110 ºC.

FESTA ESTRANHA COM GENTE ESQUISITA
As eleições são realmente a festa da democracia: entra quem quer na disputa: de palhaços a mulheres-fruta, passando por atrizes pornô, estilistas, separatistas etc. O engenheiro baiano Marcos Narciso compilou vídeos com a participação dos candidatos mais bizarros do Brasil no horário político.

Comente!