GABRILA65162183544miv_Superinteressante Created with Sketch.

Músculo artificial ergue esperança

Novo material criado no Japão funciona como micromúsculo, contraindo-se ao receber carga elétrica, e pode melhorar a vida dos diabéticos.

Um novo material, criado na Universidade japonesa de Ibaraki, perto de Tóquio, pode abrir o caminho para benefícios tão diversos como lentes de contato auto-ajustáveis e implantes que liberam substâncias, quando comandados. Trata-se de um polímero (uma sequência de macromoléculas) na forma gel, que funciona como um micro- músculo, contraindo-se ao receber uma descarga elétrica. Além de levantar pequenos pesos, esses músculos artificiais também serviriam de matéria-prima para a fabricação de membranas capazes por sua vez de armazenar líquidos em poros microscópicos e de liberá-los ao receber os choque – exatamente o que os diabéticos precisam para receber de forma mais tranquila a sua dose diária de insulina. Os técnicos avisam, entretanto, que ainda há muito que pesquisar antes de a novidade chegar ao público.