GABRILA65162183544miv_Superinteressante Created with Sketch.

Precisa fazer mais força? Tente falar uns palavrões

Não é papo de bodybuilder. A ciência garante que funciona mesmo

Provavelmente Kléber Bambam e Felipe Franco não faziam ideia disso quando gravaram este vídeo puxando peso na academia, mas falar uns palavrões pode de fato fornecer uma ajudinha extra de força. Pelo menos, é o que sugere uma pesquisa desenvolvida na Universidade de Kelee, na Inglaterra, e apresentada durante uma conferência de psicologia britânica.

E não precisa nem ser bodybuilder para se beneficiar desse efeito. Há algumas atividades que precisamos de mais força para realizar, ou que faremos mais facilmente se contarmos com uma potência muscular maior – que o diga a incômoda tarefa de abrir vidros de conserva, por exemplo.

Para verificar em que nível o uso de palavrões e xingamentos pode nos levar a um melhor rendimento, os cientistas submeteram os voluntários a dois experimentos. No primeiro, 29 participantes tinham de realizar sessões de corrida intensas em bicicletas. O outro, em que 52 pessoas participaram, propunha como tarefa apertar um equipamento que media a força aplicada.

Ao começarem a atividade, as cobaias deviam também iniciar os xingamentos. Como se estivessem frente a um inimigo, tinham de revirar seu repertório de palavrões – tudo na busca por aumentar o desempenho. Da mesma forma, os mesmos testes foram repetidos enquanto os participantes falavam palavras mais neutras, ou menos inflamadas.

Veja também

Quem foi boca-suja conseguiu produzir uma potência maior na bicicleta – cerca de 21 watts a mais nos 30 segundos de exercício. A força que eles imprimiram no equipamento enquanto xingavam também foi maior – superando o restante em 2,1 kg, em média.

“Descobrimos em estudos anteriores que falar palavrões torna as pessoas mais resistentes a dor. Uma explicação possível é que xingar estimula o sistema nervoso simpático – o mesmo responsável por fazer seu coração palpitar em situações de perigo”, explicou Richard Stephens, um dos autores do estudo, em comunicado oficial. Por esse motivo, os pesquisadores acreditavam que, xingando, poderia-se conseguir também mais força – exatamente o que foi observado nos resultados.

Então já sabe. Antes de sair de casa, comer adequadamente e tudo mais, não faz mal dar uma aliviada na tensão xingando os nomes feios que você conhecer. Desde que isso sirva só para sua motivação, é claro.