GABRILA65162183544miv_Superinteressante Created with Sketch.

Estranhos escolhem suas fotos de perfil melhor que você mesmo

Pesquisadores australianos descobriram que as fotos de perfil que escolhemos não são as favoritas de nossos amigos, pretendentes ou até possíveis patrões

Se você nasceu nas décadas de 1980 ou 1990, você é mais que um simples usuário do Facebook. Antes de amarrar o burro e sossegar nos domínios online do bilionário Mark Zuckerberg, sua reputação sobreviveu a anos de GIFs, puxação de saco e perfis de tia-avó no Orkut. Você tentou ter um perfil no MySpace, participou de salas de bate-papo no UOL e teve até uma página deprê no Tumblr.

Foram, em resumo, anos de prática em busca da foto de perfil perfeita. Mesmo assim, olha só que triste, você continua tão ruim quanto William Bonner na hora de escolher suas próprias selfies. Uma pesquisa de David White, psicólogo da Universidade de Nova Gales do Sul, na Austrália, revelou que nós somos melhores em selecionar fotos de perfil para estranhos que para nós mesmos – tudo por excesso de autoestima.

“Em geral, nós temos uma percepção mais positiva de nós mesmos que os outros”, afirmou White à imprensa. “Isso pode interferir com a nossa habilidade de escolha na hora de selecionar uma foto que passe uma impressão mais positiva.”

Na pesquisa, White e sua equipe selecionaram 102 estudantes aleatórios, e coletaram 12 fotos no Facebook de cada um deles. Então, pediram a essas pessoas que dessem notas à próprias imagens com base em critérios como atração, confiança e competência. Terminada a avaliação, cada um deles precisou escolher uma foto para usar no Facebook, em uma rede social profissional e em uma rede social de relacionamentos.

Foi aí que 160 voluntários sem relação alguma com essas pessoas entraram em ação – e fizeram sua própria seleção. Não deu outra: as escolhas não bateram. Fotos mal-avaliadas pelos donos dos perfis foram bem-avaliadas pelos estranhos, e vice-versa.

Um problemão em um ambiente feito de aparências construídas. “Selecionar fotos de perfil em sites sociais, românticos e profissionais é uma tarefa comum na era digital, e selecionar a imagem certa é crítico”, explica White. “Nós fazemos inferências sobre as características e a personalidade de alguém uma fração de segundo após ver uma foto de seu rosto. E essas primeiras impressões farão toda a diferença na hora de alguém decidir se quer namorar com você, ser seu amigo ou te contratar.”

Moral da história? Da próxima vez, não mude a foto de perfil sem consultar quem está do seu lado no ônibus. Você pode se dar melhor na vida.