GABRILA65162183544miv_Superinteressante Created with Sketch.

Sua academia deveria pagar para você malhar

Um novo estudo está cravando que você deveria receber dinheiro para fazer exercícios - e não o contrário. E as academias ainda ficariam no lucro.

Acordar cedo pra malhar é difícil né? Mas sabe o que ia facilitar todo esse processo? Se, ao invés de você ter que pagar para ir à academia, ela que te pagasse. E olhe só, isso rolar é tão vantajoso pra você, quanto é pra ela.

Essa é a tese de um novo estudo conduzido em Singapura. Para chegar a essa conclusão, os pesquisadores se uniram a uma academia local e selecionaram 161 participantes para um programa de malhação. Lá eles treinariam por um ano para perder peso, seguindo um acordo: cada voluntário pagava 234 dólares de Singapura (o equivalente a R$560), para ter acesso às aulas semanais, onde os ensinavam a perder peso e encorajavam diminuir pelo menos, 5% da sua massa corporal.

Parte desse grupo pagou mais S$165 (R$390) para fazer parte de um programa de recompensas. Esses membros tinham 10% de chance de serem sorteados para ganhar 10 vezes o valor gasto, caso cumprissem suas metas de perda de peso. Além disso, os voluntários que perdessem 5% ou 8% da massa corpórea ganhavam recompensas em dinheiro. Só com esse prêmio, ao fim dos 8 meses, uma só pessoa poderia aumentar em até 65% seu investimento, e arrecadar S$660 (R$1570).

Os resultados foram promissores. Ao fim do quarto mês de testes, os participantes do programa de recompensas perderam mais do que o dobro de peso que os outros voluntários (uma média de 3,4 kg do primeiro grupo, contra 1,4 do segundo). No oitavo mês, foram 3,3 kg a menos, contra 1,8 kg dos que não compraram o plano com benefícios e no último mês, os pagantes perderam 2,3 kg, frente 0,8 kg dos outros participantes.

Mas, espere, isso é muito legal para o participante, mas com esses números a academia ficou no prejuízo, certo? Errado. Por mais que os voluntários estivessem mais motivados, e malhassem mais que o restante, poucos conseguiam, de fato, alcançar todas as metas. Ao fim do estudo, os adeptos do programa de recompensa receberam de volta uma média de S$225 dólares  (R$535), ou seja, R$975 a menos do que deram à academia. E ficaram felizes com isso. 42% dos participantes conseguiram ganhar mais do que gastaram – mas 80% dos voluntários se disseram satisfeitos com o programa.

Já dá pra mandar essa matéria para o financeiro da academia. O assunto do e-mail pode ser “No pay, no gain”.