5 vídeos bizarros para aprender a dançar Kuduro (Conteúdo Extra)

Saiba como se dar bem nos passos deste ritmo angolano que está na moda no Brasil.

Por Redação Super

Davi Rocha

A regra número um para dançar kuduro é levar ao pé da letra a ideia do nome e deixar sua cintura dura. O ritmo musical foi criado para acompanhar a coreografia desajeitada do mito belga Jean-Claude Van Damme em uma cena do filme "Kickboxer - O Desafio do Dragão". A base das danças apresenta elementos típicos do hip hop, funk e carnaval da periferia de Luanda , capital de Angola. Com a propagação do ritmo pelo mundo, graças principalmente à internet, as coreografias ganharam adaptações no rebolado de outros artistas - e outras periferias.

O kuduro vem ganhando espaço nos últimos anos no Brasil. Para pegar o jeito, é preciso buscar inspiração angolana e praticar. Quer uma inspiração? Assista aos vídeos abaixo.

1. Começando do começo: a clássica cena de Van Damme que serviu de inspiração para a criação do kuduro. Vale ressaltar que a música de fundo não é original do filme, é claro. Ela faz parte da trilha sonora de "Street Fighter", série de jogos cuja adaptação para o cinema foi estrelada pelo ator. No filme, depois de embriagado por seu mestre, o personagem é desafiado a dançar e consegue fazer estes movimentos:

2. Em Portugal o gênero ganhou uma de suas maiores mudanças ao encontrar o peso dos elementos eletrônicos da banda Buraka Som Sistema. Muitos movimentos da dança estão representados neste clipe, que conta com participação de artistas que bebem na fonte do kuduro: M.I.A., DJ Znobia, Saborosa and Puto Prata.

3. Um dos lugares de consolidação da dança foram as ruas de Angola. Neste vídeo, jovens mostram seus melhores passos no que parece um desafio em que ganha o dono do melhor gingado.

4. O programa angolano de TV "Sempre a Subir" ensina alguns passos:

5. Um dos temas das letras do kuduro é a realidade dos angolanos. Esta música fala sobre as favelas angolanas, chamadas musseques. O vídeo mostra mais passos de dança e imagens que mostram a popularidade do kuduro no país: