GABRILA65162183544miv_Superinteressante Created with Sketch.

Dólar a R$ 6,25

O dólar em 2002 chegou a custar R$ 6,25 a preços atualizados, enquanto seu valor nominal era de R$ 3,74. O ajuste leva em conta a inflação do dólar e a do real. Confira os valores atualizados (versão corrigida):

Primeiro, desculpas. A primeira versão desta nota foi publicada com um erro: levou em conta apenas a inflação do real, sem contar a do dólar (o que distorceu os valores). Muitos leitores perceberam a falha. A eles, muito obrigado! Também nos comprometemos a redobrar os esforços para que esses erros não se repitam.

Outros leitores questionaram a validade de corrigir câmbio pela inflação. Bom, não se trata apenas de um exercício válido. É recomendável também. Funciona assim: quando alguém quer saber quanto custava uma lata de Nescau em 1994 a preços de hoje, por exemplo, é só corrigir pela inflação. Natural. Por outro lado, quando alguém quer saber o preço do dólar, do petróleo ou de uma ação da Vale em 1994, não: não existe o costume de corrigir mercadorias de preços voláteis pela inflação. Mesmo assim, isso também faz parte das análises de economia. De outra forma, não teríamos como balizar os preços históricos do petróleo, por exemplo. 

Bom, em qualquer país que não seja os EUA, o dólar não é uma moeda, é uma mercadoria. Tão mercadoria quanto barril de petróleo ou lata de Nescau. Logo, dá para calcular qual foi o valor do dólar a preços de hoje em determinados pontos do passado. 

O cálculo exato deve levar em conta a inflação da moeda americana, que não é nada desprezível (de 1994 para cá, por exemplo, foi de 61% pelo Consumer Prices Index, o “IPCA” deles). Se você gosta de matemática, a fórmula é a seguinte: (x – y%) + z%, na qual x é o valor do real numa dada época, y% é a inflação do dólar no período e z% é a inflação do real no mesmo intervalo. Dessa forma, chegamos aos valores da tabela.   

 

 

 

Fonte: Banco Central – Taxas de câmbio, Calculadora do Cidadão