Grandes momentos da Bíblia

O livro sagrado de judeus e cristãos já foi interpretado de mil maneiras. Conheça a versão literal do que está escrito: a Bíblia como ela é

Por Redação Super

A criação do mundo
O relato de como Deus criou o Universo e a Terra em 6 dias (no 7º, ele descansou) é o tema do 1º capítulo do 1º livro da Bíblia, o Gênese, cujo nome vem da palavra grega para "começo". Estudos indicam que ele teria sido escrito no século 10 a.C. A função dessa narrativa primordial é deixar claro que foi Deus quem criou tudo. Havia apenas Deus e o que o Evangelho de João chama de "Verbo", a vontade divina. A Criação ocorreu pela graça desse Verbo.

1º dia - LUZ E MBRA
Deus cria a luz e a separa da escuridão - ou seja, cria o dia e a noite. Também cria o mundo, ou melhor, faz um rascunho: o planeta não possuía nem forma nem vida, era apenas um abismo profundo, também chamado de "as águas".

2º dia - CÉU E TERRA
Deus divide "as águas" em duas partes, uma acima e outra abaixo, e chama de céu e terra. O mundo é separado do abismo e passa a ter forma e se distinguir do restante do "nada".

3º dia - TERRA E MAR
Deus cria a crosta terrestre, separando a superfície e os mares. De acordo com o primeiro relato do Gênese, é ainda no 3º dia que Deus cria todos os vegetais.

4º dia - L E LUA
Deus cria a Lua, o Sol e as outras estrelas, para brilharem no firmamento e iluminarem a Terra.

5º dia - PEIXES E AVES
Deus cria os seres aquáticos e também as aves voadoras, e ordena que suas criações se multipliquem.

6º dia - HOMEM E MULHER
Após criar os animais domésticos e os que se arrastam pelo chão e lhes indicar como alimento "a relva", Deus cria os seres humanos, que devem se multiplicar e dominar as outras criaturas.

>> Humanos
Deus cria Adão "à sua imagem e semelhança" com o pó da terra e sopra em seu nariz o "respiro da vida". Durante o sono, Deus lhe tira uma costela e dela faz a mulher.

7º dia - CONSEN E DESCAN
Deus vê que seu trabalho é bom. Finalizada a Criação, ele abençoa e santifica o 7º dia, e então descansa.



A travessia do mar Vermelho
Os hebreus viviam como escravos no Egito havia 4 séculos quando Deus mandou que seu líder, Moisés, os levasse de volta à Terra Santa, o chamado Êxodo. Instável, o faraó mandou seu exército atrás do povo que havia recém-libertado. Os egípcios alcançaram os hebreus quando eles atravessavam o mar Vermelho, aberto apenas para sua passagem.

1. Ó FARAÓ
Para forçar o faraó a libertar os hebreus da escravidão, Deus enviou 10 pragas ao Egito (ver quadro abaixo). Só assim Moisés recebeu a permissão para deixar o Egito com o povo de Israel, após 430 anos de escravidão. Estudiosos acreditam que o faraó do Êxodo seja Ramsés 2º, que reinou de 1290 a 1244 a.C.

2. FORÇA-TAREFA
O faraó era um sujeitinho difícil: libertou os hebreus, se arrependeu e mandou trazê-los de volta. Foram enviados 600 cavaleiros e carros de guerra para alcançar os ex-escravos, que já estavam no caminho para a Terra Prometida.

3. RETAGUARDA DIVINA
Durante a marcha, Deus se manifesta na forma de nuvem. Próximo ao mar Vermelho, recua para o fim da fila e impede que os egípcios alcancem os hebreus, aterrorizando os perseguidores com trovões e fogo.

4. O POVO DE MOISÉS
Os hebreus que escaparam do Egito sob a liderança de Moisés eram cerca de 600 mil. Levavam rebanhos de ovelhas e bois, massa de pão ázimo, armas, parte do tesouro do faraó (gentilmente cedido após as pragas) e uma urna com os ossos de José, o hebreu que foi primeiro-ministro do Egito.

5. O CARA
Moisés, criado como irmão adotivo do faraó, recebeu a missão divina de libertar seu povo dos egípcios. Volta e meia, ele precisava dar provas do poder de Deus, como, por exemplo, abrir as águas do mar Vermelho.

6. Ô ABRE ÁGUAS
Sob o poder de Deus e o comando de Moisés, que levanta os braços e ordena o milagre, as águas do mar Vermelho se abrem para permitir a passagem dos filhos de Israel. Logo em seguida, Moisés comanda e as águas desabam sobre o exército do faraó. Nenhum perseguidor sobrevive, e a caçada chega ao fim.

As pragas do egito

1. Águas do Nilo viram sangue

2. Infestação de rãs

3. Infestação de piolhos

4. Infestação de moscas

5. Morte dos animais

6. Tumores brotam nos egípcios

7. Chuva de pedras

8. Infestação de gafanhotos

9. Escuridão durante 3 dias

10. Morte de primogênitos de egípcios


O fim do mundo
O Apocalipse, último livro da Bíblia, não dá uma data, mas revela como o mundo vai acabar. O livro, escrito no final do século 1, recorre a monstros e catástrofes sobrenaturais para reforçar os valores cristãos: depois de tanta tragédia, os escolhidos irão para o céu.

1. INÍCIO DO FIM
Um anjo revela o apocalipse a João, e ordena que ele escreva tudo o que vê. Tem início um relato surrealista, em que Deus comanda uma cerimônia que vai levar ao fim dos tempos.

2. TROMBETAS
Anjos sopram trombetas que trazem pestes às plantações, meteoros que extinguem a vida marinha, o fim do Sol e da Lua, gafanhotos gigantes e um exército do mal. E tem mais.

3. O NÚMERO 7
O livro é repleto de conjuntos de 7 coisas: igrejas, anjos, selos, tochas, taças, estrelas, trombetas, candelabros e até um monstro com 7 chifres e 7 olhos que, para a maioria dos estudiosos, é uma referência explícita a Jesus, embora o livro mantenha o mistério.

4. TAÇAS
A última trombeta traz uma terceira leva de desgraças: 7 taças da Ira de Deus, que causam chagas, rios de sangue, calor intenso, escuridão, outro exército do mal e mais meteoros. Quem sobra vai para o Juízo Final.

5. JUÍZO FINAL
Jesus segura o Livro da Vida, e tem na sua frente uma fila com pessoas de todas as épocas. Basicamente, se você foi um bom cristão, seu nome está lá e você é abençoado com a vida eterna no paraíso. Caso seu nome não conste, você é condenado à morte, também eterna, no inferno.

Livro dos 7 selos
Deus tem na mão um pergaminho com 7 selos. Cada vez que um é aberto ocorre uma tragédia.

1º selo Cavaleiro da peste

2º selo Cavaleiro da guerra

3º selo Cavaleiro da fome

4º selo Cavaleiro da morte

5º selo Almas dos mártires

6º selo Terremoto, Sol negro, Lua vermelha, estrelas caem na Terra e a humanidade se esconde

7º selo Trombetas dos anjos, que causam mais destruição