Quem é Deus?

Pilares da fé

Comparando os dogmas de 5 grandes religiões, descobre-se que há muitas semelhanças - e algumas diferenças fundamentais - entre elas

por Texto Michelle Veronese

CRISTIANISMO

Natureza de Deus - É um, mas formado por 3 entes: Pai, Filho e Espírito Santo. O primeiro não tem forma, mas é descrito com atributos humanos. O segundo é Jesus. E o terceiro pode se revelar como vento, pomba etc.

Criação - Deus é o criador de tudo. Depois de criar Adão, o primeiro homem, tirou dele uma costela e transformou-a em Eva, a primeira mulher. O casal morava no paraíso, mas foi expulso de lá por pecar.

Vida após a morte - Os cristãos não acreditam em reencarnação, mas aceitam que a alma pode viver eternamente. No dia do Juízo Final, Cristo vai julgar a todos. Os bons irão para o céu - e os maus, para o inferno.

Literatura sagrada - A Bíblia Cristã é composta do Velho e do Novo Testamentos. Os evangelhos de Mateus, Marcos, Lucas e João são considerados os livros mais importantes, pelo registro que eles fazem da vida de Jesus.

Seguidores - Com 2,1 bilhões de fiéis, é a maior religião do mundo.

 


JUDAÍSMO


Natureza de Deus - Os judeus acreditam que só existe um Deus, cujo nome (Yahweh) não deve ser pronunciado. É onipotente, onipresente e onisciente. Observa as ações de todos e conduz o destino da humanidade.

Criação - Deus criou o mundo em 6 dias e descansou no 7º. Deu vida ao homem a partir do barro, com um sopro divino. Segundo a crença judaica, Ele acabará com toda a Criação quando assim o decidir.

Vida após a morte - Os judeus não acreditam em reencarnação. Para alguns, a alma fica aguardando o julgamento no dia do Juízo Final. Outros preferem a ideia de que ela é julgada imediatamente após a morte.

Literatura sagrada - A Bíblia Hebraica contém leis e orientações para a vida mas também narra a história dos hebreus - começando pela criação do mundo e pela aliança entre Deus e os patriarcas Abraão e Moisés.

Seguidores - O número de judeus ultrapassa 13 milhões.

 


ISLAMISMO


Natureza de Deus - Os muçulmanos acreditam que só existe um Deus: Alá - tão perfeito que não se pode defini-Lo. Ao observar a natureza, contudo, é possível reconhecer Seus atributos: bondade, justiça etc.

Criação - Alá é o Criador de tudo, inclusive do bem e do mal. Cada detalhe do mundo e da vida é fruto da vontade Dele. Os seres humanos, por serem Suas criaturas, devem se submeter à vontade divina.

Vida após a morte - Não existe a ideia de reencarnação. Mas os fiéis acreditam que o indivíduo, depois da morte, fica aguardando o Juízo Final. Aqueles que cumprem em vida a vontade de Alá ganham o paraíso.

Literatura sagrada - O Alcorão é considerado a palavra de Deus, revelada ao profeta Maomé pelo anjo Gabriel. As traduções, no entanto, não são sagradas. Esse status só é conferido à versão escrita em árabe.

Seguidores - É a 2ª crença em número de seguidores: 1,34 bilhão.

 


HINDUÍSMO


Natureza de Deus - Brahman (não confunda com o deus Brahma) é o espírito supremo presente em todas as coisas. Não tem forma nem personalidade, mas Seus atributos se manifestam em milhões de divindades.

Criação - É cíclica: da destruição de um Universo anterior, o deus Brahma - filho de Brahman - surge para criar um novo. Muitas vezes Ele é representado como um homem de 4 cabeças e 4 braços.

Vida após a morte - Dependendo do carma (as ações em vida), a alma renasce numa forma física mais ou menos evoluída. A meta dos seres humanos é se libertar do ciclo de renascimentos por meio da devoção.

Literatura sagrada - Os primeiros ensinamentos hindus foram compilados nos Vedas, conjunto de documentos em sânscrito escritos por volta do ano 1000 a.C. Seus 4 volumes contêm tratados filosóficos e orações.

Seguidores - Terceira maior religião, com 950 milhões de devotos.

 


BUDISMO


Natureza de Deus - Alguns budistas reconhecem a existência de seres sobrenaturais, mas não acreditam em um espírito supremo que governa o mundo. Seguem o exemplo de sabedoria dos budas (pessoas iluminadas).

Criação - Se não há um criador, não há criação. Ou melhor, há, mas ela é cíclica. Não tem começo nem fim e é parte da roda de sofrimento a que todos os seres humanos estão ligados pelo renascimento.

Vida após a morte - Toda vida continua, seja sob a forma humana, divina ou animal. Tudo depende do comportamento na vida anterior. Livrar-se dos apegos materiais é o caminho para alcançar a iluminação.

Literatura sagrada - Os ensinamentos de Buda foram reunidos no Tripitaka. Dessas escrituras, sobreviveram até hoje 3 versões: uma (Teravada) em idioma páli e duas (Mahayana) escritas em chinês e tibetano.

Seguidores - Estima-se que o número de budistas seja de 350 milhões.

 

 


Fonte: O Atlas das Religiões, Em Busca de Deus, The Complete Idiot’s Guide to World Religions e Encyclopedia of Religion.

 

 

 

 

publicidade

anuncie

Super 340-b - Universo - o cosmos segundo a SUPER As melhores reportagens dos 27 anos da SUPER sobre o espaço, o tempo e os limites da ciência - agora revistas e atualizadas. Uma viagem do infinito ao infinitesimal. Como você nunca viu. Assine a Super Compre a Super

Superinteressante ed. 340-b
novembro/2014

Universo - o cosmos segundo a SUPER
As melhores reportagens dos 27 anos da SUPER sobre o espaço, o tempo e os limites da ciência - agora revistas e atualizadas. Uma viagem do infinito ao infinitesimal. Como você nunca viu.

- sumário da edição 340-b
- folheie a Superinteressante

Você está na área: Religião

publicidade

anuncie