GABRILA65162183544miv_Superinteressante Created with Sketch.

Cientistas descobrem 1445 novos vírus ao nosso redor

Descoberta reescreve o grande livro da virologia, mas isso não é tão assustador quanto parece.

Gripe, zika, dengue, caxumba, catapora, poliomielite e até mesmo aids fazem parte de uma lista de doenças bem conhecidas dos humanos que são provocadas por vírus. Apesar dos perigos que esse punhado de viroses representam para a saúde, elas são apenas uma fatia minúscula da virosfera.

Em novo estudo publicado na consagrada revista científica Nature, cientistas revelam ter descoberto 1 445 novos vírus em alguns dos seres vivos mais populosos do Planeta — aqueles sem espinhas dorsais, como insetos, aranhas e vermes e que vivem ao redor de nossas casas.

Achou assustador? Calma, segundo os cientistas, é provável que apenas alguns desses vírus causam doença e que eles não são transferidos facilmente para os humanos.

A pesquisa meta-genômica é fruto de uma colaboração entre a Universidade de Sydney e o Centro Chinês para Controle e Prevenção de Doenças em Pequim.

“Este estudo inovador reescreve o livro de virologia, mostrando que os invertebrados transportam um número extraordinário de vírus, muito mais do que pensávamos”, disse o professor Edward Holmes , do Instituto Marie Bashir de Doenças Infecciosas e Biossegurança, que liderou as pesquisas em Sydney.

LEIA: Médicos criam remédio que distribui doses diárias dentro do corpo

O estudo sugere que esses vírus estão associados aos invertebrados por bilhões de anos, ao invés de milhões de anos como se acreditava, e que os invertebrados são os verdadeiros hospedeiros para muitos tipos de vírus.

“Descobrimos que a maioria dos grupos de vírus que infectam vertebrados, incluindo seres humanos, como aqueles que causam doenças bem conhecidas como a gripe, são de fato derivados daqueles presentes em invertebrados”, disse o professor Holmes.

O estudo utilizou novas e caras tecnologias em meta-genômica, que também poderiam ser usadas para determinar a causa de novas doenças humanas.

Esse conteúdo foi publicado originamente em EXAME.com

Comentários
Deixe uma resposta

Olá, ( log out )

* A Abril não detém qualquer responsabilidade sobre os comentários postados abaixo, sendo certo que tais comentários não representam a opinião da Abril. Referidos comentários são de integral e exclusiva responsabilidade dos usuários que escreveram os respectivos comentários.

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s