Notícias Superinteressantes

Remédio pode causar diabete

Existem pessoas a um passo de se tornarem diabéticas por causa do uso de remédios para controlar a pressão.

Os médicos descobriram recentemente que existem pessoas a um passo de se tornarem diabéticas e que o empurrão para a doença podem ser remédios contra a hipertensão. No diabete tipo 1, o organismo não fabrica o hormônio insulina que, ao se combinar com a glicose, permite que ela seja absorvida pelas células. No diabete tipo 2, comum em pessoas gordas e com pressão alta, o pâncreas fabrica normalmente a insulina, mas as células resistem à absorção. Não se sabia, porém, que pessoas não diabéticas também podem apresentar certa resistência: nelas, é como se a célula demorasse a atender quando a insulina toca a campainha. Não se sabia igualmente que algumas drogas para baixar a pressão fazem a célula barrar de vez a entrada da glicose. Os motivos são ainda obscuros mas as conseqüências muito claras. “Antes de tomar um remédio para hipertensão, a pessoa precisa saber se tem aquela resistência”, adverte o nefrologista Artur Beltrame Filho, professor da Escola Paulista de Medicina. “É um cuidado importante, pois as chances de um hipertenso ter infarto ou derrames aumentam cinco a seis vezes quando surge o diabete.”

 

 

 

 

publicidade

anuncie

Super 339 - Humanos: caem as fronteiras entre nós e os animais Novas descobertas deixam claro: chimpanzés têm idiomas, cultura, fazem política, tecem redes sociais e praticam caridade. Chegou a hora de conferir direitos humanos a eles? Assine a Super Compre a Super

Superinteressante ed. 339
novembro/2014

Humanos: caem as fronteiras entre nós e os animais
Novas descobertas deixam claro: chimpanzés têm idiomas, cultura, fazem política, tecem redes sociais e praticam caridade. Chegou a hora de conferir direitos humanos a eles?

- sumário da edição 339
- folheie a Superinteressante

Você está na área: Saúde

publicidade

anuncie