GABRILA65162183544miv_Superinteressante Created with Sketch.

Tesla lança telhado solar – mas ele custa metade do preço da casa

As elegantes telhas com células fotovoltaicas de Elon Musk sairiam R$ 764 por metro quadrado, e não colocamos impostos nessa conta

Segundo o Senado, em seu site oficial, 2015 foi um ano difícil para as tomadas brasileiras. A conta de energia elétrica subiu 50%, em média, e não melhorou muito desde então.

Ainda bem que o sul-africano Elon Musk e seu laboratório estão sempre aí para salvar a pele do consumidor. Ou será que estão mesmo? Em outubro do ano passado, a fabricante de carros elétricos Tesla – uma das empresas mais valiosas do bilionário excêntrico – anunciou a criação de um telhado solar muito, muito elegante.

Em vez de instalar painéis solares pretos sobre as telhas comuns, de cerâmica, ele escondeu suas células fotovoltaicas debaixo de telhas de mentirinha, feitas de vidro temperado. O resultado visual, que você vê na foto acima, é a alegria de qualquer arquiteto. Mal dá para perceber que a casa é sustentável.

Para entender melhor a invenção, você pode relembrar a notícia da SUPER na época, que inclui ilustrações explicativas.

Agora o telhado saiu do papel, e já está a venda nos EUA. Consumidores de outros países só poderão encomendar suas telhas mágicas a partir de 2018. Acontece que o preço ainda é bem salgado – US$ 21,85 por pé quadrado. Um pé quadrado equivale a 0,09 m2, e a dólar, no momento, vale R$ 3,15. Faça as contas e você chega a R$ 764,75 por m2. Em uma casa térrea de 150 m2 cujo telhado tenha 30º de inclinação, a conta hipotética fecharia em R$ 132.600. É claro que aí não entram custos de importação e impostos. 

A dor na carteira virou piada no Twitter, e o próprio Elon Musk entrou na brincadeira. “Cara, eu te amo, mas isso não é algo que um ser humano normal possa pagar”, afirmou um usuário, cujo teto sairia por US$ 90 mil. “Não se eu não fizer outra hipoteca só para o meu telhado. Minha casa de 241 mvale só US$ 200.000. Meus impostos ficariam muito altos se eu aumentasse esse valor em 50%.” O CEO concordou. “Você tem razão. Do ponto de vista econômico, [o telhado] ainda não é vantajoso em regiões em que os impostos são altos e os custos de habitação e manutenção são menores.”

A Tesla, porém, ainda defende que a economia na conta de luz, em longo prazo, compensa a facada. “O Solar Roof é mais acessível que os telhados convencionais porque, na maior parte dos casos, ele paga o próprio preço reduzindo ou eliminando a conta de luz da casa em que está instalado”, afirma um artigo publicado no blog da empresa para acompanhar o lançamento em 10 de maio. Um organização norte-americana de defesa do consumidor, a Consumer Reports, fez as contas e revelou que, pelo menos em teoria, uma telha de Solar Roof custaria US$ -2 por 0,09 m2 – os dólares negativos representam o dinheiro guardado pelo dono da casa após 30 anos sem pagar por energia elétrica. 

O valor bate com uma conta feita pelo site The Verge, que descobriu que uma propriedade de 185 mem Nova York pagaria US$ 50 mil pelas telhas de Musk, mas recuperaria US$ 64 mil em 30 anos. Para convencer seus clientes a fazer o investimento de longo prazo, a Tesla montou uma calculadora para os valores de instalação do telhado – que já está no ar e evita que você faça todas essas contas a mão. Vale lembrar que há um grande número de variáveis envolvidas nesses preços, como o endereço da casa, sua planta, o custo de instalação e a inclinação do teto. Os preços mencionados aqui, portanto, são só estimativas.

Para completar, a Tesla também oferece garantia vitalícia. “Feitas com vidro temperado, as telhas do Solar Roof são três vezes mais fortes que telhas comuns. É por isso que oferecemos a melhor garantia de toda a indústria – enquanto sua casa estiver de pé, ou para sempre, o que vier primeiro.” E aí, vai encarar?