Clique e Assine a partir de R$ 8,90/mês
Bruno Garattoni Por Bruno Garattoni Vencedor de 12 prêmios de Jornalismo. Editor da SUPER.

Berlim proibe aluguel de apartamentos pelo Airbnb; multa é de 100 mil euros

Por Bruno Garattoni Atualizado em 21 dez 2016, 09h40 - Publicado em 2 Maio 2016, 15h54

Berlim[1]A nova lei, que começa a valer este mês, proíbe o aluguel de casas e apartamentos em Berlim por meio do aplicativo Airbnb – quem fizer isso estará sujeito a uma multa altíssima, que pode chegar a 100 mil euros (aproximadamente R$ 400 mil). Segundo a prefeitura da cidade, a medida tenta conter o aumento nos preços dos aluguéis em Berlim, que subiram 56% desde 2009.

A prefeitura alega que muitos proprietários deixam de alugar seus imóveis da maneira tradicional -com contrato e prazo longo- para colocá-los no Airbnb, o que estrangula o mercado imobiliário da cidade. Com a proibição, em tese haverá maior oferta de imóveis para aluguel tradicional, o que ajudaria a frear os preços. O Airbnb não será banido de Berlim – ainda será possível alugar quartos por meio dele (imóveis inteiros, não).

A prefeitura tem estimulado os próprios cidadãos a denunciar imóveis irregulares, o que pode ser feito de forma anônima. A medida parece estar pegando: nas últimas semanas, o número de imóveis berlinenses anunciados no Airbnb caiu 40%.

Publicidade