GABRILA65162183544miv_Superinteressante Created with Sketch.

Fórmula 1 vai transmitir todas as corridas por streaming – exceto no Brasil

Novo serviço, que também dará acesso a uma espécie de Netflix da categoria, estreia em mais de 20 países da Europa e America Latina; veja motivo que impede o lançamento no Brasil

BARCELONA – A venda da Fórmula 1 para o grupo americano Liberty Media, no ano passado, marcou o fim da era Bernie Ecclestone – o vendedor de carros usados que ficou décadas à frente da F1 e a transformou em um fenômeno global, mas que perdeu 30% da audiência na última década. Os americanos anunciaram que iriam modernizar a gestão da categoria, parando de deletar os vídeos de F1 postados no YouTube (coisa que Bernie fazia de maneira implacável) e começando a usar assiduamente as redes sociais.

Agora, estão dando o próximo passo. A Fórmula 1 montou um grande estande no Mobile World Congress (que é a maior feira de tecnologia da Europa, reunindo cerca de 1.000 expositores e 100 mil visitantes), trouxe os carros da Ferrari e da Williams e montou uma área de simuladores para divulgar sua versão online, a F1 eSports Series – cujo primeiro campeonato teve 60 mil jogadores. E anunciou um novo serviço: o F1 TV Pro, que estará disponível nas próximas semanas em mais de 20 países da Europa e da América Latina.

Ele vai custar de 8 a 12 dólares por mês e permitirá assistir, ao vivo, a todos os treinos e corridas pela internet, com direito a alguns recursos interativos: dá para selecionar a câmera onboard de qualquer carro, acompanhar dois pilotos ao mesmo tempo, dividindo a tela, e checar informações sobre a cronometragem e os pneus. A assinatura também dará direito a ver as corridas da Fórmula 2 (categoria júnior da F1) e navegar por um acervo com GPs antigos – uma espécie de Netflix da Fórmula 1. A narração estará disponível em inglês e espanhol. Inicialmente, o acesso será pela web, mas foram prometidos apps para iOS, Android e Apple TV.

É um produto bem atraente, principalmente considerando a iminente migração da F1 para a TV paga (a Globo passa cada vez menos corridas na TV aberta, e a tendência é que a Fórmula 1 venha a ser transmitida apenas na TV a cabo – o que já acontece na maioria dos países). Mas o F1 TV Pro não será lançado no Brasil. Motivo: o contrato que Bernie Ecclestone assinou com o Grupo Globo, que dá à emissora exclusividade total sobre o conteúdo e vai até 2020. Ou seja: para o público brasileiro, serão pelo menos dois anos sem poder assinar o streaming da Fórmula 1 – e tendo as transmissões globais como única alternativa.

É, amigo… haja coração!

 (Morio/Wikimedia Commons)

***

O jornalista viajou a convite da Vivo

Comentários
Deixe um comentário

Olá, ( log out )

* A Abril não detém qualquer responsabilidade sobre os comentários postados abaixo, sendo certo que tais comentários não representam a opinião da Abril. Referidos comentários são de integral e exclusiva responsabilidade dos usuários que escreveram os respectivos comentários.

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s

  1. Nossa, que M! Perder esse serviço cheio de novidades e ainda ter que continuar ouvindo Galvão! Haja estômago, isso sim!

    Curtir