Clique e Assine a partir de R$ 8,90/mês
Bruno Garattoni Por Bruno Garattoni Vencedor de 12 prêmios de Jornalismo. Editor da SUPER.

Google lança Waze Carpool, seu serviço de caronas pagas, em SP

Por Bruno Garattoni Atualizado em 22 mar 2017, 14h10 - Publicado em 22 mar 2017, 12h57

O serviço foi anunciado agora há pouco, em evento do Google no Ibirapuera, e entrará no ar nos próximos meses em São Paulo – cidade com mais usuários do Waze em todo o mundo. Se você estiver precisando de uma carona, poderá pedi-la pelo Waze, em vez de chamar um táxi ou Uber. O Waze identificará os motoristas que estão fazendo aquele trajeto, e selecionará um para você.

A novidade é opcional, ou seja, só participarão os motoristas que quiserem. E será pago. Segundo o Google, o valor será suficiente para cobrir a gasolina e dar uma pequena compensação ao motorista, não mais do que isso – porque a ideia é desafogar o trânsito, não criar uma nova plataforma de trabalho (como é o caso de táxi e Uber). Mas, considerando a popularidade do Waze, o Carpool deve acabar disputando mercado com as outras opções.

O preço do Carpool não foi divulgado. Na região metropolitana de São Francisco, onde ele já está sendo testado, o valor máximo é de US$ 0,33 por quilômetro rodado (por passageiro). O pagamento é transferido automaticamente dos passageiros, via cartão de crédito, para o motorista. No teste em São Francisco, o serviço opera o dia inteiro – mas cada passageiro só pode pegar o Carpool duas vezes por dia.

O Google acredita que, se o Waze Carpool se tornar popular, será possível reduzir os congestionamentos em até 16% – ou seja, quem leva uma hora no trânsito economizará dez minutos. Os engarrafamentos podem até melhor, mas continuarão a existir. Por isso, a empresa também anunciou outra novidade: o compartilhamento de local via Google Maps.

Com a nova função, que foi demonstrada pela primeira vez hoje e breve entrará no ar, será possível compartilhar a sua localização com outra pessoa: o Google Maps dirá a ela, usando informações de tráfego em tempo real, exatamente em qual horário você irá chegar (corrigindo essa informação conforme o trânsito for mudando ao longo do caminho). Bem interessante para uma cidade como São Paulo, onde o trânsito é maluco – e todo mundo vive chegando atrasado.

Continua após a publicidade
Publicidade