Clique e Assine a partir de R$ 8,90/mês
Bruno Garattoni Por Bruno Garattoni Vencedor de 12 prêmios de Jornalismo. Editor da SUPER.

Microsoft faz sabotagem contra o Firefox

Por Bruno Garattoni Atualizado em 21 dez 2016, 09h41 - Publicado em 1 jul 2009, 14h29

Ontem eu estava dando uma olhada nas configurações do Firefox, e descobri algo estranho. Tinha lá uma Extensão, chamada “Microsoft .Net Framework Assistant”, que eu não havia baixado. Ela simplesmente apareceu do nada. Fui pesquisar o assunto, e descobri algumas coisas assustadoras.

1. A Microsoft está distribuindo, desde o começo de junho, esse plug-in para o Firefox. Ele vem junto com as atualizações do Windows, e é instalado em silêncio. Você não é perguntado se quer ou não. E ele não pode ser removido do computador – pois o botão “Desinstalar” fica bloqueado.

2. O “.Net Framework Assistant” serve para que os sites, utilizando a plataforma Microsoft .Net, possam executar programas no seu computador. Não conheço nenhum site que use isso. O verdadeiro efeito é abrir brechas de segurança no navegador – principalmente considerando que o plug-in vem configurado para rodar qualquer código .Net, de qualquer site, sem avisar. Na prática, isso torna o Firefox menos seguro que o Internet Explorer.

Então vejamos. A Microsoft manda o plug-in sem avisar. Ele vem configurado de um jeito bizarro, que enfraquece a segurança do Firefox. E depois de instalado, não pode ser removido (só se você souber editar o Registro do Windows). Que beleza, não? Acho que só existe uma palavra para designar esse tipo de coisa.

Continua após a publicidade
Publicidade