Clique e Assine a partir de R$ 8,90/mês
Ciência Maluca Por Blog As pesquisas mais importantes para você compreender a sua vida - e as mais inusitadas para você entender todo o resto. Por Tiago Jokura

Amor à primeira vista é genético

Por Nina Weingrill Atualizado em 21 dez 2016, 10h00 - Publicado em 8 abr 2009, 18h34


Pronto. Agora você pode justificar cientificamente porque está completamente apaixonada por aquele cara que acabou de encontrar quando saía do banheiro do restaurante. Está tudo escrito aí no seu código genético. Tá, ainda não é bem no seu, mas no das moscas estudadas por pesquisadores da Universidade de Cornell.

Eles descobriram que as fêmeas sentem biologicamente quando algum macho é geneticamente compatível com elas, produzindo até mais ovos ao cruzarem com eles do que quando cruzam com outros machos, considerados fraquinhos. Isso tudo ali, na primeira impressão.

Segundo os estudiosos, nosso organismo é muuuuito diferente do das moscas, mas é bem possível que as mulheres tenham desenvolvido um mecanismo parecido para acertar na escolha.

E você, acha que acerta na mira, assim, de primeira?

Continua após a publicidade
Publicidade