GABRILA65162183544miv_Superinteressante Created with Sketch.

Casamento deixa seu coração mais forte

Ter um amor faz bem. Principalmente para a saúde dos mais velhos. Quando eles precisam encarar cirurgias cardíacas, os solteirões quase sempre levam a pior: as chances de sobreviver pelos próximos três meses diminuem até três vezes, quando comparados aos casados.

Foi o que aconteceu com 500 pacientes entrevistados por pesquisadores da Universidade de Emory, nos Estados Unidos, antes de enfrentarem uma cirurgia no coração. Entre eles, o índice de sobrevivência dos casados era três vezes superior ao dos solteiros. E não apenas nos primeiros três meses pós-cirúrgicos, os benefícios continuam pelos próximos cinco anos.

A culpa é do amor. Os pacientes felizes e apaixonados se mostram mais otimistas e preparados para encarar as dores pós-cirúrgicas. E não era esse o único motivo. Segundo a pesquisa, pessoas casadas fumam menos, comem melhor e se esquecem menos de tomar os medicamentos.

Viu, só? É bom arranjar um amor para cuidar de você nas horas ruins… mas se não der certo, sei lá, adote um cachorro.

Crédito da foto: flickr.com/adwriter

Leia também:
Solteirões morrem mais cedo
Trair aumenta chance de morrer de infarto
Ter um cachorro deixa seu coração mais saudável

Comentários
Deixe um comentário

Olá, ( log out )

* A Abril não detém qualquer responsabilidade sobre os comentários postados abaixo, sendo certo que tais comentários não representam a opinião da Abril. Referidos comentários são de integral e exclusiva responsabilidade dos usuários que escreveram os respectivos comentários.

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s