Clique e Assine a partir de R$ 12,90/mês
Ciência Maluca Por redação Super Este blog não é mais atualizado. Mas fique à vontade para ler o conteúdo.

Escurinho nos fazer agir desonestamente

Por Thiago Perin Atualizado em 21 dez 2016, 10h08 - Publicado em 24 jun 2010, 15h41

Todo trabalhado na malandragem

Todo trabalhado na malandragem

No escuro, todo mundo é malandro? É o que mostra o estudo Uma Boa Lâmpada é a Melhor Policial (!), feito por três pesquisadores das universidades de Toronto (Canadá) e da Carolina do Norte (EUA). Eles fizeram uma série de testes e constataram que ambientes com pouca luz nos incentivam a agir de forma desonesta, egoísta e interesseira. Por quê? É que a penumbra deixa a gente com uma sensação psicológica de anonimato, de que estamos meio escondidos. Bem do tipo “ninguém está me vendo, então posso fazer o que quiser”.

E é escurinho de verdade, não precisa ser um breu total. Os caras identificaram esse quê de malandragem em dois cenários: quando os voluntários foram colocados em salas com algumas lâmpadas convenientemente “queimadas” (ou seja, ambientes só um pouco mais escuros do que o normal) e até quando, pasmem, usaram óculos escuros.

Em ambos, os participantes do “escuro” trapacearam, aumentaram a verdade e puxaram o tapete dos colegas em testes escritos e jogos em grupo (tudo em benefício próprio) mais do que os bem iluminados. “A diminuição da luz não teve qualquer influência real sobre o anonimato. Mesmo assim, abriu caminho para comportamentos moralmente questionáveis”, afirma o estudo.

Continua após a publicidade
Publicidade