Clique e Assine a partir de R$ 8,90/mês
Ciência Maluca Por Blog As pesquisas mais importantes para você compreender a sua vida - e as mais inusitadas para você entender todo o resto. Por Tiago Jokura

Filmes pornôs abalam a autoestima das mulheres

Por Carol Castro Atualizado em 21 dez 2016, 10h08 - Publicado em 4 jun 2012, 19h44

E insegurança não ajuda muito na hora de construir um relacionamento feliz, né?

Pesquisadores da Universidade da Califórnia e do Tennessee, nos Estados Unidos, recrutaram 308 universitárias heterossexuais, entre 18 e 29 anos, para completarem um questionário online. Elas responderam questões sobre a qualidade do namoro, satisfação sexual e autoestima.

O resultado mostrou uma relação entre felicidade, autoestima e filme pornô. Quanto mais pornografia os namorados ou maridos viam, maior era a chance de ter um relacionamento infeliz. Quem reclamou sobre o vício exagerado do namorado em assistir a vídeos pornôs mostrou autoestima mais baixa e insatisfação com o namoro e com a vida sexual.

De tanto se compararem (ou serem comparadas) às moças dos filmes, elas ficam mais inseguras com o desempenho na cama ou com o próprio corpo. “O estudo mostra algumas evidências de que o uso de pornografia pelos homens pode balançar a autoestima da namorada ou esposa. Mas, claro, nem todo casal tem conflitos com excesso de pornografia”, diz Destin Stewart, líder da pesquisa.

Mas a pesquisadora abre outra possibilidade: e se, na verdade, as mulheres com baixa autoestima procurarem mais os homens viciados em pornografia. Eu, particularmente, não vejo muito sentido nisso.

E você, acha que filmes pornôs balançam a autoestima feminina?

Crédito da foto: flickr.com/dionnehartnett

Leia também:
Ver filmes pornôs faz bem ou mal para o relacionamento?
Homens pensam em sexo 19 vezes por dia
Homens veem mais pornografia se seu candidato ganha a eleição

Continua após a publicidade
Publicidade