Clique e Assine a partir de R$ 8,90/mês
Ciência Maluca Por Blog As pesquisas mais importantes para você compreender a sua vida - e as mais inusitadas para você entender todo o resto. Por Tiago Jokura

Pessoas engraçadas se saem melhor na paquera

Por Carol Castro Atualizado em 21 dez 2016, 10h08 - Publicado em 8 ago 2012, 18h15

Mau humor pode até fazer bem para o cérebro e deixar seu raciocínio mais afiado. Mas, se o caso for conquistar o amor (ou só um beijo, que seja) de alguém, melhor mesmo é caprichar no alto astral. Esse negócio de ser ranzinza não parece ser a chave do sucesso para atrair a atenção do sexo oposto.

E o aviso serve tanto para os homens quanto para as mulheres. Pesquisadores da Universidade Estadual da Pensilvânia, nos Estados Unidos, pediram a 164 rapazes e 89 moças, de 18 a 26 anos, para classificar as qualidades mais importantes na hora de escolher um parceiro.

Entre as 16 opções, “senso de humor”, “divertido” e “brincalhão” ficaram, respectivamente, em segundo, terceiro e quarto lugar, na maioria das listas femininas – elas deixaram a opção “gentil e compreensivo” em primeiro lugar. Entre os homens, o “senso de humor” apareceu no topo da lista, “divertida” e “brincalhona” apareceram como terceira e quinta prioridades, respectivamente.

Aí, você pensa: “óbvio, quem vai querer um cara/mulher mal humorado?”. Bom, eu até conheço bastante gente que se diverte com o mau humor dos outros… Enfim, essa preferência por pessoas divertidas tem um fim reprodutivo. “Esse jeito brincalhão nos homens pode sinalizar que ele não é agressivo e menos propício a machucar os futuros filhos. Nas mulheres, esse jeito divertido mostra juventude e fertilidade”, conta Garry Chick, um dos líderes da pesquisa. Olha aí, dá até para dizer que pessoas divertidas são para casar.

Você concorda ou é desses que se irrita com excesso de bom humor?

Crédito da foto: guia.uol.com.br

Leia também:
Mau humor faz bem para o cérebro
Homens paqueram no trabalho por puro tédio
Quem faz mais sucesso com as mulheres: caras fortes ou magrelos?

Continua após a publicidade
Publicidade