Clique e assine a partir de 5,90/mês
Ciência Maluca Por Blog As pesquisas mais importantes para você compreender a sua vida - e as mais inusitadas para você entender todo o resto. Por Tiago Jokura

Refrigerante de limão acaba com a ressaca

Por Carol Castro - Atualizado em 21 dez 2017, 17h23 - Publicado em 11 out 2013, 16h26

Um grupo de pesquisadores chineses decidiu estudar os efeitos da ressaca – por que e como aparece aquela maldita dor de cabeça depois de uma noite de bebedeira. Bem, quando o álcool entra no corpo, o fígado libera uma enzima chamada álcool-desidrogenase (ADH) e transforma o etanol em acetaldeído, que, em seguida, recebe a ação de outra enzima, aldeído desidrogenase (ALDH), e vira acetato. Isso se o corpo der conta da tarefa. Se não der e falhar em concluir essas etapas, o acetaldeído pode se acumular no corpo. E é ele que vai deixar você com ressaca, jurando que não vai beber nunca mais.

Esse processo todo é incontornável e, portanto, a cura definitiva da ressaca não existe (ou ao menos não a achamos ainda). Mas os cientistas descobriram que tomar a bebida certa no dia seguinte pode te ajudar. E não, não estamos falando de mais um copinho de cerveja.

É que alguns refrigerantes, sucos ou chás têm a capacidade de acelerar a atividade de uma dessas duas enzimas liberadas pelo fígado. E melhor que fortaleça a ação da ALDH, assim seu corpo vai se livrar mais rápido do acetaldeído e sua ressaca começa a sumir.

Com isso em mente, os chineses selecionaram 57 bebidas para descobrir qual funcionava melhor. E a melhor foi o refrigerante de lima e limão, Sprite. Entre todas as outras, foi ele que mais agilizou as atividades da enzima ALDH.

Ficou curioso pra ver se funciona? Se der certo, conta aqui pra gente!

Continua após a publicidade
Publicidade