Clique e Assine a partir de R$ 6,90/mês
Fundo vermelho liso. Ciência Maluca Por redação Super Este blog não é mais atualizado. Mas fique à vontade para ler o conteúdo.

Tuiteiros têm relacionamentos mais curtos

Por Thiago Perin Atualizado em 21 dez 2016, 09h54 - Publicado em 21 out 2011, 11h54

Vida amorosa em 140 caracteres: uma nova pesquisa do site de relacionamentos OKCupid, que mapeou o histórico amoroso, a média de tempo passado no Twitter todos os dias e a idade de mais de 800 mil usuários, mostra que os casais tuiteiros ficam juntos por menos tempo.

A diferença é pequena — em média, um mês, em todas as faixas etárias –, mas “mensurável e consistente”, aponta o site. Dá uma olhada no gráfico.

Os dados não vêm com a devida explicação científica — afinal, o OkCupid não é um site de ciência —, mas os responsáveis pela pesquisa arriscam uma interpretação: o Twitter, assim como outras ferramentas da internet, consome um bocado de tempo e atenção — e isso pode prejudicar os relacionamentos da vida real.

E aí, o que você acha?

Dá pra ver esse e outros dados bacanas sobre os relacionamentos alheios no blog oficial do OkCupid, o OkTrends.

Leia também:
Facebook está fazendo você beber mais
Quem usa Twitter se masturba mais
Procrastinar na internet aumenta a produtividade

Continua após a publicidade

Publicidade