GABRILA65162183544miv_Superinteressante Created with Sketch.

Vacas têm melhores amigas e não gostam de ficar sozinhas

Uma pesquisadora da Universidade de Northampton, no Reino Unido, leva a questão do bem-estar animal bem a sério.

Para checar o quão fortes são os laços sociais criados pelas vacas, ela passou algum tempo medindo suas frequências cardíacas e níveis de cortisol (hormônio relacionado ao estresse) em três situações diferentes: com elas completamente isoladas, na companhia de uma vaca conhecida ou com uma vaca nova, a quem nunca tinham sido apresentadas. “Quando têm suas melhores amigas junto, o estresse é menor do que quando estão com uma vaca qualquer”, aponta a pesquisadora, Krista McLennan.

“Conversei com vários fazendeiros, e eles me disseram que percebem como as vacas ficam próximas umas das outras. Algumas delas passam muito tempo juntas“, diz Krista. Ela espera que a indústria de laticínios leve sua descoberta em consideração e evite separar grandes amigas. Afinal, uma vaca feliz e calminha é melhor pra todo mundo.

Comentários
Deixe um comentário

Olá,

* A Abril não detém qualquer responsabilidade sobre os comentários postados abaixo, sendo certo que tais comentários não representam a opinião da Abril. Referidos comentários são de integral e exclusiva responsabilidade dos usuários que escreveram os respectivos comentários.

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s

  1. Márcio Ferreira

    É triste saber que animal tão complexo, que se sabe sentir medo, angústia e empatia a ponto de ter “melhor amiga” entre suas companheiras de infortúnio, sejam tratadas de forma tão cruel pela indústria da carne e do leite. E, em última instância, por quem se alimenta dela, tendo à disposição o conhecimento sobre nutrição que atesta a desnecessidade da carne para uma alimentação completa e saudável.

    Curtir