Clique e Assine a partir de R$ 8,90/mês
Ciência Maluca Por Blog As pesquisas mais importantes para você compreender a sua vida - e as mais inusitadas para você entender todo o resto. Por Tiago Jokura

Vinho melhora sua saúde

Por Carol Castro Atualizado em 21 dez 2016, 10h07 - Publicado em 20 dez 2013, 12h14

vinho2 O Natal tá quase aí. E a ciência trouxe uma notícia de presente: vinho melhora seu sistema imunológico – e te deixa mais longe de infecções e doenças. Pode beber mais tranquilo nessas festas com a família. Mas não se empolgue muito: a receita só funciona se o consumo for moderado.

Cientistas americanos usaram 12 macacos rhesus para testar como o álcool pode influenciar as respostas do corpo às vacinas e infecções. Primeiro, os pesquisadores injetaram vacina contra varíola em todos os animais e avaliaram os resultados. Em seguida, os ensinaram a beber álcool quando (e quanto) quisessem. Aí deixaram à disposição deles, por 14 meses, água comida e uma bebida alcoólica.

Diariamente, os pesquisadores acompanhavam e anotavam o consumo alcoólico dos bichinhos. E, assim como nós, cada macaco bebida uma quantidade diferente – alguns exageravam na dose, enquanto outros bebiam moderadamente (a concentração de etanol no sangue varia de 0,02% a 0,04%).

No sétimo mês após o início do teste, eles foram outra vez vacinados. E, surpreendentemente, os macacos que bebiam um pouco de álcool (aqueles do grupo dos moderados) tinham as melhores respostas à vacina. E se livravam mais rápido de infecções. Já os beberrões tiveram os piores resultados. “Isso prova todos acreditam há tempos: consumo moderado de álcool resulta numa redução de todas as causas de mortalidade, especialmente as doenças cardiovasculares”, explica Ilhem Messaoudi, líder da pesquisa.

Viu que beleza? É só saber beber com moderação que tudo vai bem.

Crédito da foto: flickr.com/rpeschetz

Leia também:
Beber vinho deixa sua vida mais feliz
Vinho tinto pode prolongar juventude
Beber vinho deixa o casamento mais feliz

Continua após a publicidade
Publicidade