GABRILA65162183544miv_Superinteressante Created with Sketch.

Como prever se uma discussão na internet vai virar baixaria

Você já parou para pensar por que algumas discussões de internet – mesmo aquelas que começam bem – descambam rapidamente para ataques pessoais, enquanto outras se tornam uma troca civilizada de ideias? Será que é possível predizer qual será o caso?

Uma equipe de cientistas da Universidade Cornell resolveu investigar o assunto usando como base milhares de conversas online entre editores da Wikipedia – um grupo que está continuamente trocando mensagens sobre edições de artigos variados, e muitas vezes de forma acalorada.

“Nós, como seres humanos, temos uma intuição de que uma conversa está prestes a dar errado, mas geralmente é apenas uma suspeita. Nós nos perguntamos então se poderíamos construir sistemas para replicar ou até mesmo ir além dessa intuição”, disse Cristian Danescu-Niculescu-Mizil, professor de ciência da informação e coautor da pesquisa.

Como prever a baixaria

O estudo comparou conversas aos pares – uma delas acabava mal e a outra se mantinha civilizada. As duas sempre versavam sobre o mesmo tema, evitando assim que os resultados fossem distorcidos por assuntos delicados como política.

O resultado foi o desenvolvimento de um programa capaz de identificar sinais de alerta na linguagem usada no início das conversas – mais precisamente, logo na primeira frase de cada interlocutor.

A repetição da palavra “você por qualquer um dos participantes era um bom indício de que uma briga estava por vir, assim como perguntas diretas (por exemplo: “Cadê a fonte para essa afirmação?” ou “Por que mudaram essa frase?”).

Já as conversas que incluíam saudações, expressões de gratidão, termos como “parece que”, e palavras “eu” e “nós” eram mais propensas a permanecerem pacíficas.

Tornando a internet mais acolhedora

O programa previu com 65% de precisão quando uma discussão iria virar uma trocas de ofensas. O índice de acertos ainda é baixo – as pessoas acertaram 72% em testes – mas já é um começo para o desenvolvimento de uma ferramenta que ajude moderadores humanos a direcionar sua atenção para diálogos problemáticos.

A ideia é que, no futuro, esses moderadores ou os próprios participantes da conversa consigam agir antes de as ofensas começarem. Os pesquisadores acreditam que tais métodos de prevenção poderão substituir ações corretivas como o bloqueio de usuários específicos ou tópicos sensíveis.

“Se tivermos ferramentas que identifiquem ataques pessoais já será tarde demais, porque o ataque já aconteceu e as pessoas já o viram. Mas se você entender que esta conversa está indo mal e agir a tempo, isso pode tornar [a internet] um pouco mais acolhedora”, disse Jonathan P. Chang, que também assina o estudo.

Os autores disponibilizaram neste link um teste online para você tentar identificar os diálogos que viraram brigas. Já o estudo pode ser lido na íntegra aqui.

Comentários
Deixe um comentário

Olá, ( log out )

* A Abril não detém qualquer responsabilidade sobre os comentários postados abaixo, sendo certo que tais comentários não representam a opinião da Abril. Referidos comentários são de integral e exclusiva responsabilidade dos usuários que escreveram os respectivos comentários.

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s