Clique e assine com até 75% de desconto
Contando Ninguém Acredita Por Blog As notícias mais bizarras e surreais do mundo

Garoto atropelado por trem é processado por mulher atingida por partes do seu corpo

Por Ana Prado Atualizado em 4 jul 2018, 20h33 - Publicado em 29 dez 2011, 18h13

Muitas pessoas processam outras por motivos estúpidos. Mas Gayane Zokhrabov, uma mulher de Chicago (EUA), passou um pouquinho dos limites.

Em 2008, ela estava na plataforma de uma estação de trens em Illinois quando foi golpeada e derrubada no chão pelas partes do corpo de Hiroyuki Joho. O garoto foi atropelado por um trem em alta velocidade enquanto tentava cruzar os trilhos correndo (o seu trem chegaria logo e ele estava com medo de perdê-lo). Gayane sofreu uma fratura na perna e punho, além de uma lesão no ombro. E, por causa disso, decidiu processar o garoto por negligência.

Seu processo foi inicialmente rejeitado por um juiz, que considerou que o garoto não tinha como prever as lesões à mulher. Mas um tribunal de apelações do estado revogou essa decisão, alegando que “era razoavelmente previsível” que o trem de alta velocidade mataria Joho e arremessaria o seu corpo pelos trilhos em direção a uma plataforma onde pessoas estavam esperando.

A advogada da mulher admitiu que o caso é “muito peculiar, sangrento e assustador”, mas insistiu que Joho era culpado de negligência. “Se você faz algo tão estúpido como esse cara fez”, disse ela, “você tem que ser responsável pelas consequências”.

Continua após a publicidade
Publicidade