Clique e assine a partir de 8,90/mês
Contando Ninguém Acredita Por Blog As notícias mais bizarras e surreais do mundo

Indiano “morto” se candidata à presidência do país

Por Luiza Sahd - Atualizado em 4 jul 2018, 20h33 - Publicado em 25 jun 2012, 18h31

Santosh Kumar Singh: Morto, pero no mucho (Foto: Reprodução/The Telegraph)

Santosh Kumar Singh é um indiano que resolveu nadar contra a corrente e se casar com uma Dalit – considerada a classe mais suja da sociedade indiana. O que ele não esperava era que sua vida fosse mudar tanto. Nascido em uma família tradicional, Singh foi considerado morto por seus familiares depois do casamento com a “intocável”.

A família de Singh declarou que ele era um “homem morto” para eles. “Familiares e vizinhos fizeram atécerimônias fúnebres para provar que eu estava morto”, afirmou ao jornal “The Telegraph”.

Por causa do status de morto, Singh não tem mais casa e nem terras para viver. O indiano tentou contar seu drama para o primeiro-ministro do país, mas não obteve resposta nenhuma. Lutando para se sentir vivo novamente, a única solução que o homem encontrou foi a de ter seu nome em algum documento oficial do governo.

Continua após a publicidade

Para isso, ele buscou uma solução inusitada: candidatou-se à presidência da Índia. Embora o país seja parlamentarista, eles elegem um presidente para ser chefe de Estado e comandante das Forças Armadas.

De toda forma, Singh não está nem um pouco preocupado com as eleições. Ele anseia apenas voltar a ser oficialmente vivo. “Preenchi a ficha para ser candidato à presidência somente para provar que estou vivo. Não quero ser presidente. Tudo o que quero é provar que estou vivo. Se o governo não pode fazer isso, que me mate de uma vez e faça um verdadeiro atestado de óbito.”, praguejou.

Publicidade