Clique e assine com até 75% de desconto
Contando Ninguém Acredita Por Blog As notícias mais bizarras e surreais do mundo

Pirâmide maia de 2.300 anos é destruída ‘acidentalmente’ por escavadeira

Por Luiza Sahd Atualizado em 4 jul 2018, 20h34 - Publicado em 14 Maio 2013, 17h01


Foto: reprodução/UOL
Uma escavadeira destruiu uma das maiores pirâmides maias de Belize, na América Central, durante a construção de uma estrada.

Jaime Awe, chefe do Instituto de Arqueologia de Belize, disse que o templo Noh Mul foi destruído quando operários de uma empreiteira procuravam cascalho para preencher buracos na nova estrada.

O templo de 2.300 anos foi erguido na era pré-colombiana. Por conta da trapalhada, só uma pequena parte da pirâmide continua em pé.

A polícia está investigando o caso, mas arqueólogos afirmam que não é a primeira vez que acontece algo desse tipo na região. “A destruição de montes maias para preenchimento de estradas é um problema frequente em Belize”, disse o professor Normand Hammond.

A pirâmide ficava em terras particulares, mas de acordo com a legislação belizenha, quaisquer ruínas pré-hispânicas estão sob  proteção do governo.

Segundo o arqueólogo John Morris, os operários sabiam o que estavam fazendo. “É inacreditável que alguém de fato tenha tido o descaramento de destruir esta construção. Não há, absolutamente, nenhuma possibilidade de que eles não soubessem que aqueles eram montes maias”.

Ops!

Continua após a publicidade
Publicidade