Clique e Assine a partir de R$ 6,90/mês
Contando Ninguém Acredita Por Blog As notícias mais bizarras e surreais do mundo

Polícia das Filipinas usa Katy Perry para dispersar manifestantes

Por Lucas Massao Atualizado em 4 jul 2018, 20h35 - Publicado em 25 nov 2015, 10h19

Katy Perry

As autoridades das Filipinas conseguiram acabar com uma manifestação de um jeito bem inusitado. Os revoltados, que protestavam contra o encontro dos países da Cooperação Econômica Ásia-Pacífico (APEC, em inglês), realizado em Manila, tentaram romper o cordão policial e invadir o local do evento.

Após tentaram acabar com a movimentação disparando jatos d’água, os policias usaram sua arma secreta: uma playlist cheia de músicas dançantes. O primeiro hit foi “Roar”, da cantora americana Katy Perry, seguido por “Islands in the stream”, de Dolly Parton e “Sexy B*tch”, de David Guetta. Os guardas seguiam o ritmo e batiam seus cassetetes nos escudos para dar um ar mais “urbano” aos hits.

“A música é extremamente popular nas Filipinas e possui um efeito calmante nas pessoas. E isso cai muito bem com a nossa política de tolerância máxima durante os protestos”, afirmou Kimberly Gonzales, representante da polícia de Manila. A tática, no entanto, foi vista como ofensiva por alguns manifestantes. “Foi uma atitude rude e totalmente desnecessária”, diz o agricultor de 54 anos Redo Peña.

Na visão dos revoltados, de orientação política majoritariamente esquerdista, o encontro da APEC favorecerá as grandes corporações e pode aprofundar ainda mais a disparidade econômica entre ricos e pobres com as suas políticas de livre mercado.

Com Khaleej Times

Continua após a publicidade

Publicidade