Clique e Assine a partir de R$ 12,90/mês
Oráculo Por aquele cara de Delfos Ser supremo detentor de toda a sabedoria. Envie sua pergunta pelo inbox do Instagram ou para o e-mail bruno.vaiano@abril.com.br.

Afinal de contas, Judas realmente perdeu as botas? Se sim, onde?

Há duas versões...

Por Felipe Germano Atualizado em 29 mar 2018, 12h55 - Publicado em 24 jan 2018, 15h44

Afinal de contas, Judas realmente perdeu as botas? se sim, onde?
Diana Soares Magalhães, Januária, MG

Há duas versões para a origem da expressão, mas nenhuma revela o paradeiro dos calçados.

A primeira conta que, após trair Jesus, o discípulo Judas Iscariotes foi enforcar-se em uma árvore. Detalhe: descalço. Como as 30 moedas de prata que Judas recebeu não foram encontradas, especula-se que elas estariam junto com as desaparecidas botas.

  •  

    A segunda versão, supostamente portuguesa, não é sobre Judas, mas sobre um sapateiro judeu que, ao ver Jesus passar com a cruz nos ombros, teria gritado: “Vai andando! Vai logo!”

    Jesus teria respondido com uma maldição: “Eu vou e tu ficarás até minha volta.” Chamado de judeu errante, o sapateiro ainda estaria vagando por aí perdendo as botas em lugares ermos.

     

    Fontes: Livro Mas será o Benedito?, de Mário Prata e O Encantamento da Sexta-Feira Santa, de José Carlos Pereira

    Continua após a publicidade
    Publicidade