Clique e Assine a partir de R$ 8,90/mês
Oráculo Por aquele cara de Delfos Ser supremo detentor de toda a sabedoria. Envie sua pergunta pelo inbox do Instagram ou para o e-mail bruno.vaiano@abril.com.br.

As pessoas enxergam as cores iguais? Ou meu azul pode ser o seu amarelo?

Ninguém sabe: a "percepção subjetiva" das cores é algo chamado pelos filósofos de qualia – uma sensação pura, que não pode ser transformada em palavras.

Por Bruno Vaiano Atualizado em 12 set 2019, 11h39 - Publicado em 12 set 2019, 11h36

Ou, para reformular a pergunta, “o verde que eu enxergo é o mesmo verde que a pessoa do meu lado enxerga?” Ou (para reformular a pergunta ainda mais), “é possível que a pessoa do meu lado chame de verde o que eu chamo de vermelho?”

Sim, é possível. Afinal, há algumas sensações que não podem ser descritas em palavras – e a sensação de cor é uma delas. Você pode explicar a um cego de nascença que uma girafa é amarela com pintas marrons – e o cego pode apalpar a girafa para deduzir sua forma e textura – mas você não conseguirá explicar a ele objetivamente o que é “amarelo” e o que é “marrom”.

Essas sensações irredutíveis são chamadas pelos cientistas que estudam a consciência pela palavra latina qualia. O problema de explicar a existência dos qualia foi resumido pelo filósofo Daniel Dennett: “Como pode qualquer coisa composta de matéria e energia ser a diversão que eu sinto, ou o cubo rosa que eu estou imaginando, ou a maneira como a minha dor importa para mim?”

Em outras palavras, como um cérebro palpável, feito dos mesmos átomos que o corpo, gera as nossas sensações no estado bruto? Sendo assim, tudo que sabemos é que o nome “vermelho” é uma convenção linguística que corresponde à sensação que você tem quando uma onda eletromagnética (isto é de luz) com comprimento de aproximadamente 700 nanômetros atinge a sua retina.

A sensação em si – a maneira como o cérebro representa essa frequência no filme do interior da sua cabeça – será, para sempre, algo acessível só a você.

Continua após a publicidade
Publicidade